Ordem imprudente

resolução
Tendo como referência o texto ORDEM IMPRUDENTE, percebemos que a utilização de outro funcionário para lidar com a detonação da rocha se deu devido a constante ausência do funcionáriocapacitado do referido setor.
Percebe-se que houve negligencia por parte da área de segurança da empresa contratante e do encarregado da empresa contratada. O funcionário foi deslocado à realizar umafunção sem que haja nenhum treinamento específico, informação de riscos nem tão pouco o uso de epis, seja coletivos ou individual.
O próprio funcionário fez o deslocamento do explosivo até o local dedetonação sem auxilio do responsável da área de explosões. Agindo assim, de forma indevida, a explosão ocorreu inesperadamente.
As normas regulamentadoras estabelece requisitos de saúde e segurançaocupacional, aplicável a todas as empresas em todos os setores. O seu não cumprimento podem acarretar multas, parada na produção, sanções de agencias de inspeção, riscos de acidentes e até doenças graves.Tendo em vista as aulas assistidas nesta universidade, pode se afirmar que no texto supracitado, o veto desta explosão inesperada se daria com um treinamento especifico para conhecer a atividade eriscos que ela acarreta ao funcionário, uso de epis para proteção do corpo inteiro do indivíduo, conscientização e capacitação deste.
Como um futuro tecnólogo, posso apontar diversas normasregulamentadora que a área de segurança dessa empresa poderia ter adotado para evitar a explosão, entre elas podemos apontar: NR 6 uso de epis, NR 16 Atividades e operações perigosas e a NR 19 Explosivo. Essaultima NR ressalta que é preciso uma pessoa devidamente treinada para tal finalidade, é necessário que haja um supervisor treinado e o local próximo ao detonamento, deve estar isolado.
Observando otexto que pegamos como base, notei que houve um erro grave durante todo o decorrer da historia. A sobrevivência de qualquer empresa se dá, devido ao encontro e o encaixe do jogo de comunicações que...
tracking img