Oralidade africana

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1384 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução:
As reminiscências orais sempre tiveram um desempenho importante para a preservação do legado cultural, formando um conjunto vivo de lembranças e memórias, tornando essa simbologia um patrimônio compartilhado entre os membros de uma sociedade.
Nos trânsitos das narrativas, um dos caminhos que permitem a imersão nas manifestações culturais está na transmissão oral, e ao ouviratentamente como são contadas as historias revelam-se as identidades daquele espaço.
No continente africano uma das grandes ferramentas presentes para a perpetuação da força do verbo está nos encontros sociais “serões”, momentos particulares em que o ancião revela aos membros as histórias daquele clã, e imbuído nessa comunicação grupal, são passados valores, responsabilidades, crenças que estão nadinâmica social.
Ao falarmos de África muitas vezes caímos na ideia eurocêntrica, de um continente atrasado, limitado, estanque diante do tempo, uma imagem disseminada no imaginário das pessoas que está arraigada até os dias atuais. No entanto, a multiculturalidade está presente em varias áreas do saber africano, podemos presenciar nos ensinamentos, nas urdiduras vestais, nas manifestações corporais.Na áfrica tudo transmite um saber e nesse acúmulo, existem diferentes formas de comunicar-se.
No espaço geográfico africano, existem diversas etnias, cada uma possui sua cultura, com diferentes códigos gráficos, onde podem ser utilizados nos âmbitos internos ou dialogando entre diversos grupos, esses indicantes partilham do mesmo espaço: oralidade e escrita, ambas caminham juntas, em viasdistintas.
Nesses caminhos como forma de perpetuar as narrativas, para que estas não se percam com o fluir dos tempos, notou-se a necessidade de registra-las, ter um documento em mãos, onde a força da oralidade está presente na escrita.
Ao recorrermos às primeiras marcas encontradas pela historia dos registros gráficos humanos, notaremos que este tinha a necessidade de se fixar ao seu tempo eperpetuar a sua passagem naquele território.
Ao falar de si, do cotidiano e de transmitir o seu olhar sobre sua rotina, expõe-se também a vida do outro, traz as marcas da vida social, dos movimentos culturais. A lembrança, o arquivo, a autobiografia são partes coletivas de um legado indissociável do ser humano, são através das nossas memórias que temos a constituição de presente e passado uma linhacronológica que nem sempre segue uma diacronia normal.
Refletir sobre as narrativas autobiográficas propõe ler as manifestações memoriais do sujeito como ser individual e coletivo, e nessas marcas pessoais encontramos outras vozes que ressoam a historia, vida, sociedade e tantos outros aspectos que mostram a pluralidade dessa narrativa.
Dessa forma a literatura autobiográfica como já foi pensadaanos atrás como “literatura menor”, hoje mostra a sua importância e como tais manifestos escritos literários são importantes para os conhecimentos e referencialismo das identidades, e não a diminuem pelo caráter biográfico, ao contrario, remontam um olhar especifico da realidade sob outras lentes.
O que move essa pesquisa são os vetores dos encontros entre as narrativas orais e os reflexos nasescritas autobiográficas africanas, qualquer ação comunicativa, seja escrita ou oral, age concomitantemente, não estão em uma dicotomia e funcionam como ferramentas sob o individuo na busca do eu .

Questão de pesquisa:
Esta pesquisa alterca a profusão da escrita de si no cenário da literatura Francófona, lançando, luzes sob o romance autobiográfico do autor malinês Amadou Hampanté Bâ em que onarrador, cede o seu nome de infância como titulo do livro Amkoullel o menino fula, que a ele é adjunto em virtude das narrativas reais entre a vida do narrador e autor.
A verificação dos feitos de lembrança e historias pessoais, baseia-se grandemente em relatos das memórias que se fazem presentes nas lembranças do passado. Essas marcas se assinalam por reger um conjunto de eventos consciente....
tracking img