Opinioes divergentes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (295 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Debates do Rio Grande

Uruguaiana, 1° de junho de 2010

A cidade de Uruguaiana, na fronteira oeste do estado, recebeu na noite do dia 1° de junho de 2010 o programa Debates do Rio Grande,promovido pela Rádio Gaúcha. Mediado por Lasier Martins, o evento, que visa a debater sobre o crescimento e desenvolvimento da região, aconteceu no salão de atos do colégio Marista Sant'Ana.
Foramdebatedores FERNANDO MARTINS DE MENEZES, diretor executivo da Agência de Desenvolvimento de Uruguaiana, Zootecnista, professor universitário da PUC-RS e produtor rural que foi técnico da Emater por 32anos; LUIZ CARLOS SANT´ANA, economista formado pela Universidade Federal de Santa Maria, professor das Faculdades de Administração e Ciências Contábeis da Urcamp nas disciplinas de Economia Brasileira eProjetos. Ele é pós-graduado em Administração Pública na Espanha, diretor da Sant'Ana Consultoria e Projetos e da Associação Comercial de Livramento; JOSÉ CARLOS COLARES BECKER, presidente daAssociação Brasileira de Tranportadores Internacionais, administrador de empresas, diretor executivo da Associação Uruguaianense de Administradores, conselheiro da Fundação de Administradores, pós-graduado emgestão de negócios e sócio e diretor comercial da empresa Transamil Logistics; e WALTER ARNS, presidente da Associação dos Arrozeiros de Uruguaiana e Barra do Quaraí desde 2008. Também é conselheiro doInstituto Rio Grandense do Arroz, geólogo formado pela Unisinos, e que trabalhou por dois anos na Petrobrás como geólogo de petróleo. Foi presidente do Sindicato e Associação Rural de Uruguaianaentre 2004 e 2006.
Lasier Martins iniciou o Debates do Rio Grande falando sobre desenvolvimento. “É a palavra de ordem no mundo. Desenvolvimento no sentido de crescimento qualificado, desenvolvimentodos países, das empresas, do ensino, desenvolvimento pessoal. Vencem os mais competentes. Ficam para trás os lentos, os menos aplicados, os menos pesquisadores, os menos estudiosos”, resumiu. Lasier...
tracking img