Operações com mercadorias e produtos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4758 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE JOSÉ LACERDA FILHO DE CIÊNCIAS APLICADAS

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

Kennedy Patrício

OPERAÇÕES COM MERCADORIAS E PRODUTOS

IPOJUCA/PE

09 de novembro de 2009.

Operações Com Mercadorias e Produtos

Trabalho apresentado para a disciplina Contabilidade Comercial, no curso de Ciências Contábeis, da Faculdade José Lacerda Filho de CiênciasAplicadas – FAJOLCA.

Professor: Romero Araújo

Ipojuca/PE

09 de novembro de 2009.

INTRODUÇÃO

As Operações com mercadorias são de suma importância para as entidades, pois, são totalmente dependentes desse controles para formação de seus preços e obterembons resultados, e através dos critérios adotados que as entidades controlam com eficiência todo o mecanismo de compras e vendas de seus produtos para que haja um resultado satisfatório no final de cada mês.

CONCEITO E COMPOSICÃO DOS ESTOQUES

Estoques são valores referentes à existência de produtos acabados, produtos em elaboração, matérias – primas, mercadorias, materiais de consumo,serviços em andamento e ouros valores relacionados às atividades da Entidade.

Segundo Sérgio de Iudícibus, Eliseu Martins e Ernesto Rubens no caso de Companhias Industriais e Comerciais, os estoques representam um dos ativos mais importantes do capital circulante e da posição financeira, de forma que sua correta determinação no inicio e no fim do período contábil é essencial para uma apuraçãoadequada do lucro liquido do exercício

INVENTÁRIO

Consiste na verificação dos estoques físicos que são as mercadorias para revenda, produtos industrializados, estoques de matérias – primas , materiais auxiliares,materiais de consumo e os bens do ativo imobilizado da Empresa.

Segundo Vertes (1991), o inventário é a relação de todos os valores patrimoniais ativos e passivos, em um dado instante.Os elementos estão determinados, descritos, classificados, mensurados e avaliados com a finalidade de dar a conhecer a situação econômica e o patrimônio liquido da entidade.

LIVRO REGISTRO DE INVENTÁRIO

Obrigatoriedade da escrituração: São obrigadas as pessoas jurídicas tributadas com base no lucro real deverão escriturar o Livro Registro de Inventário ao final de cada período:trimestralmente ou anualmente quando houver opção pelos recolhimentos mensais durante curso do ano calendário, com base na estimativa (RIR/1999, art. 261).

A lei fiscal determina que, além dos livros de contabilidade previstos em leis e regulamentos, as pessoas jurídicas devem possuir um livro de registro de inventário das matérias – primas, das mercadorias, dos produtos em fabricação, dos bens emalmoxarifado e dos produtos acabados existentes na época do balanço. Nessas condições estará a autoridade tributaria autorizada a arbitrar o lucro da pessoa jurídica sujeita a tributação com base no lucro real, quando esta não mantiver escrituração na forma das leis comerciais e fiscais (RIR/1999,art. 530).

CRITÉRIOS DE REAVALIAÇÃO DE ESTOQUES

De acordo com os artigos 261 e 292 do RIR/99 aspessoa jurídicas submetidas à tributação com base no lucro real, devem, ao final de cada período de apuração, proceder ao levantamento e à avaliação dos estoques existentes de mercadorias para revenda, nas empresas comerciais e matérias primas, materiais auxiliares e produtos acabados e em elaboração, bem como outros bens existentes em almoxarifado.

UTILIZAÇÃO DE FICHAS NUMERADAS

As pessoasjurídicas obrigadas ao uso do livro Registro de inventário exigido pelo Artigo 225 do Regulamento do Imposto de Renda poderão adotar, para o mesmo, modelos próprios que satisfaçam as necessidades do seu negócio ou substituí-los por série de fichas numeradas, desde que autenticadas pelas repartições constantes (art. 223, incisos 1º e 6º).

FICHA DE ESTOQUE

|ENTRADAS |SAÍDAS...
tracking img