Op art

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1206 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Op Art
Op art é um termo usado para descrever a arte que explora a falibilidade do olho e o uso de ilusões ópticas. A expressão "op-art" vem do inglês (optical art) que no literal significa “arte óptica”. Esse movimento artístico defendia o conceito de "menos expressão e mais visualização". Apesar do rigor com que é construída, simboliza um mundo mutável e instável, que não nunca se mantém omesmo.
Os trabalhos de op art são em geral são abstratos, e muitas das obras mais conhecidas usam apenas o preto e o branco. Quando são observadas, dão a impressão de movimento, clarões ou vibração, por vezes parecem inchar ou deformar-se.
Apesar de ter ganhado força na metade da década de 50, o Op Art passou por um desenvolvimento relativamente lento, pois ele não tem o ímpeto atual e o apeloemocional do Pop Art, em comparação, parece um tanto quanto cerebral e sistemático, mais próximo das ciências do que das inspirações humanas. Por outro lado, suas possibilidades parecem ser tão ilimitadas quanto às da ciência.
O termo Op Art surgiu pela primeira vez na “Time Magazine” em Outubro de 1964, embora já se produzissem há alguns anos antes trabalhos que hoje podem ser descritos como "opart". Sugeriu-se que obras como de Victor Vasarely, dos anos 30, tais como a obra Zebra (1938), que é inteiramente composto por listras diagonais pretas e brancas, e que dão a impressão tridimensional de uma zebra sentada, devem ser consideradas as primeiras obras de op art.
Em 1965 na cidade de Nova Iorque, houve uma importantíssima exposição composta inteiramente por trabalhos de op art, chamadaThe Responsive Eye (O Olho que Responde). Esta exosição foi à catapulta para colocar o op art no alge, e muitos dos artistas hoje considerados importantes no estilo exibiram seus trabalhos lá. Em seguida, a op art tornou-se tremendamente popular de tal forma que imagens das obras desse movimento foram usadas em vários contextos comerciais. A característica desse movimento na época era trabalhar ocontraste de branco e preto mas muitos artistas de op art também trabalharam com cores diferentes, embora estes trabalhos tendam a ser menos conhecidos. Contrastes violentos de cor são por vezes usados para produzir ilusões de movimento similares às obtidas em preto e branco.
Victor Vasarely foi o pioneiro entre os artistas no aprimoramento dessa arte, porem o termo de Op Art só foi reconhecido emmeados da década de 60.

Características conceituais
A razão da Op Art é a representação do movimento através da pintura apenas com a utilização de elementos gráficos. A alteração das cidades modernas e o sofrimento do homem com a alteração constante em seus ritmos de vida também são uma preocupação constante. A vida rápida das cidades contribuiu para a percepção do movimento como elementoconstituinte da cultura visual do artista. Outro fator fundamental para a criação da Op Art foi a evolução da ciência, que está presente em praticamente todos os trabalhos, baseando-se principalmente nos estudos psicológicos sobre a vida moderna e da Física sobre a Óptica.

Técnica
A dinâmica da pintura na Op Art é alcançada com a oposição de estruturas idênticas que interagem umas com as outras,produzindo o efeito óptico. Diferentes níveis de iluminação também são utilizados constantemente, criando a ilusão de perspectiva.
A interação de cores, baseado nos grandes contrastes (preto e branco) ou na utilização de cores complementares são a matéria prima da Op Art. A técnica "moire", aplicada no trabalho "Current", de Bridget Riley, é um bom exemplo. Nela, há a criação de um espaçomóvel, produzindo um efeito denominado "whip blast" (explosão do chicote).

Influencia na moda
Rapidamente a Op Art caiu no gosto popular, à medida que estampas geometricas virou moda nos anos 60, quando o confeccionista americano Larry Aldrich encomendou ao desenhista têxtil Julian Tomchin uma coleção de estamparia inspirada nas pinturas Op da inglesa Bridget Riley, a partir daí cópias baratas...
tracking img