Ondas sonoras e efeito doppler

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2189 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Escola Estadual “Ribeiro de Oliveira”

Ondas Sonoras e Efeito Doppler

Nomes:
Lara Lemos nº 21
Isabele Panzera nº 17
Maisa Aguiar nº 25
Dimitri Morais nº 11
Gabriel Marzano nº 15
Tiago Azevedo nº 33
Pedro Luiz nº 29

Disciplina: Física
Professor: Robson
Sumário
Introdução
Ondas Sonoras
Fato Histórico
Velocidade do som nos gases, líquidos e sólidos
Reflexão da onda sonoraRefração da onda sonora
Interferência de ondas sonoras
Difração
Ressonância
Timbre
Efeito Doppler
Fato Histórico
Exercícios resolvidos
Relatório
Conclusão individual
Conclusão em grupo

Introdução

Ondas sonoras
As ondas sonoras são ondas mecânicas, pois necessitam de um meio material pra se propagarem. Estas ondas mecânicas podem provocar no ser humano a sensação auditiva, casoa freqüência de vibração pertença ao intervalo entre 20 Hz e 20.000Hz.
As ondas mecânicas de freqüência inferior a 20 Hz, constituem os infra- sons e as de freqüência superior a 20.000 Hz, constituem os ultra-sons.
Podemos dizer então que som é a onda mecânica longitudinal capaz de provocar no ser humano a sensação auditiva.

Fato Histórico

Velocidade do som nos gases
Em 1822,Gay- Lussac escolheu dois lugares distanciados de 18.612,52 m e um canhão foi instalado em cada um dos locais. O tempo médio observado entre a percepção do clarão e a do som produzido pelo tiro foi de 54,6 s, com a temperatura media do ar de 15,9° C.
Com esta medida representava o tempo que o som levava para percorrer a distancia de 18.612,52 m, foi possível determinar a velocidade do som no ar.Como sabemos, para um movimento uniforme temos:

V= 340, 9 m/s

Velocidade das ondas sonoras nos líquidos
A primeira determinação da velocidade do som na água foi feita no lago de Genebra, em 1827, por Colladon. Dois barcos foram colocados a uma distancia de 13,487 m um do outro. Na proa de um deles estava suspenso um sino que, imerso na água,era tocado por um martelo. O dispositivo que aciona o martelo também detonava uma carga de pólvora, ocasionando um clarão.
A medida da velocidade do som na água encontrada por ele foi de 1.435 m/s

Velocidade das ondas sonoras nos sólidos
Biot e Savart mediram a velocidade do som em um metal de comprimento conhecido.
Uma das pessoas batia um martelo numa extremidade do cano, e aoutra procurava determinar o intervalo de tempo decorrido entre os instantes em que ele ouvia o som propagado através do metal e o som propagado pelo ar. Como são conhecidos os valores do comprimento do cano e a velocidade do som no ar, pode-se determinar a velocidade das ondas sonoras no metal.
Algumas velocidades a temperatura de 20°C.
Ar : 317 m/s
Água: 1450 m/s
Ferro: 5.100
Reflexão daonda sonora

Dependendo da distancia de um observador ate o obstáculo, a reflexão do som pode ocasionar um eco ou uma reverberação.
O que caracteriza o eco é a nítida distinção entre o som emitido e o som refletido. Quando não houver essa distinção, teremos a reverberação. Isto se deve ao fato de o nosso ouvido manter a sensação auditiva durante aproximadamente 0,1 s. Se o som refletido atingir oobservador antes de 0,1 s, ele não será percebido como um som distinto, mas como um prolongamento do som anterior. Então teremos a reverberação. Se o som refletido atingir o observador depois de 0,1 s ele será percebido como um som distinto e então teremos o eco.
Considerando a velocidade do som no ar 340 m/s, teremos que em 0,1 s a onda percorreria:

d= v.t
d= 340. 0,1
d= 34 m
Como estadistância se refere a ida e volta do som, teremos que a mínima distância que o observador deve estar do obstáculo para perceber o eco é de 17 m.

Refração da onda sonora
Consiste no processo da onda sonora passar de um meio para outro mudando a sua velocidade de propagação e o comprimento de onda, mas mantendo sua freqüência constante.
quando o som passa do ar para a água por exemplo, a...
tracking img