Oleo isolante

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1678 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho de óleos isolantes

Índice de neutralização
Segundo a ASTM D-664, D974, método MB-494
O índice de neutralização para os óleos usados possibilita uma medida dos compostos ácidos presentes no óleo. Já para o óleo novo permite detectar a contaminação por substâncias com que o óleo tenha entrado em contato; tendência de deterioração ou alterações químicas do óleo ou dosaditivos.
Tem como principais funções de indicar a necessidade de recuperação ou troca do óleo, desde que estabelecidos limites para rejeição, para prolongar a vida útil do sistema é necessário que a acidez presente no óleo seja a menor possível.

Estabilidade à oxidação
Segundo o método IEC – 74; ASTM D2112 ou D2440
Este ensaio de estabilidade a oxidação é um método avaliar aresistência a oxidação de um óleo mineral isolante, através da formação de borra e compostos ácidos.E um ensaio rápido para avaliar a estabilidade a oxidação de óleos isolantes novos contendo inibidor, e que também é usado no controle para avaliar as características de respostas dos óleos.
Uma boa estabilidade a oxidação é um requisito importante para a garantir uma maior vida útil do óleoisolante, como aumentar a vida do sistema isolando papel e óleo.

Índice de borra
A borra é uma substancia formada a partir da deterioração oxidativa do óleo que atacam os materiais usados na construção do transformador, formando uma substancia polar solúvel no óleo. Esta borra se deposita nos condutos de circulação de óleo, radiadores e trocadores de calor, formam uma resina poliméricaparcialmente condutora e atuando como isolante térmico tem uma ação prejudicial sobre isolamento de células e da parte ativa do equipamento.
Uma camada de borra depositada no núcleo das bobinas pode levar a temperatura de 10 á 15 graus contribuindo para o envelhecimento do óleo e dos materiais usados na isolação do equipamento.A formação de borra diminui a capacidade do equipamento quandonecessário, provocando falhas prematuras.
O método necessário para evitar a formação de borra solúvel no óleo isolante, tem que se fazer a regeneração do óleo retirando substâncias estranhas.

Presença de água
Segundo o método ASTM D1553
A água pode contaminar o óleo quando o isolante já esta velho, para aumentar a capacidade de isolamento, reduzir as perdas dielétricas eassegurar uma elevada rigidez dielétrica é necessário que o óleo tenha o mínimo teor possível de água.
Um levado teor de água prejudicara as propriedades elétricas do óleo, acelera a deterioração do papel que protege o enrolamento fazendo com que o mesmo fique ressecado e quebradiço podendo geral um curto no enrolamento.
O equipamento utilizado para verificar o teor de água é o KarlFischer coulométrico este é usado um aparelho denominado Aquatest (método ASTM D1553, parte B).
O método preventivo usado para retirar a umidade é o processo de desumificação a vácuo com filtração, este método é utilizado em Itaipu; ou filtração, centrifugação.

Cloretos e sulfatos
Segundo ASTM D878; MB901
Indica a presença de cloretos e sulfatos pela precipitação de saisinsolúveis por processos analíticos. A presença de cloretos e sulfatos inorgânicos indica corrosividade do óleo e presença de contaminantes. É necessário atribuir um inibidor ao óleo isolante, alem de uma filtração e uma regeneração do óleo.




Ponto de anilina
Segundo ASTM D611
Este ponto indica a capacidade de dissolver os materiais com os quais o óleo entra em contato. Essacaracterística esta relacionada as características de formação de gás e de resistência a ruptura ao impulso de um óleo.
Sendo a temperatura a qual uma mescla de anilina e óleo se separam.

Cor
Segundo ASTM D1500; MB351
A cor de um óleo isolante mostra o grau de refinamento para óleos em serviço, um aumento no numero da cor significa deterioração do mesmo.
A cor não é uma...
tracking img