Oficina de português da anhanguera

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1311 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de junho de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Extensão
/ OF_PORT_20131_ING
/ Questionários
/ Revisão da tentativa 1


Aulas:
Aula 1

Conteúdo
Conteúdo (PDF)
Verificação de Aprendizagem
Emissão Certificado - Português

Oficina de Língua Portuguesa
Verificação de Aprendizagem
Revisão da tentativa 1
Iniciado em quinta, 13 junho 2013, 16:20
Completado em quinta, 13 junho 2013,16:41
Tempo empregado 21 minutos 47 segundos
Nota 8 de um máximo de 10(80%)
Question 1
Notas: 1

(Univ. Fed. Maranhão) – “Naquela terrível luta, muitos adormeceram para sempre”, há:
Escolher uma resposta.
a. pleonasmo Errado
b. eufemismo Correto
c. anacoluto Errado
d. polissíndeto Errado
e. assíndeto Errado

Alternativa: B

Eufemismo é uma figura que consiste em abrandaruma expressão desagradável. Assim, “muitos adormeceram para sempre” significa morreram.
Correto
Notas relativas a este envio: 1/1.
Question 2
Notas: 1
(Univ. Fed. Maranhão) – Há objeto indireto na opção:
Escolher uma resposta.
a. A eleição transcorreu calma. Errado
b. A chuva cai mansa nos telhados. Errado
c. As cidades elegeram novos prefeitos. Errado
d. Os prefeitos forameleitos pelo povo. Errado
e. O povo confia nos seus dirigentes. Correto
Alternativa E

O objeto indireto é o termo da oração que se relaciona com o verbo transitivo indireto, completando lhe o sentido. O pronome oblíquo nos pode ser objeto direto ou indireto, depende do verbo ao qual está relacionado. No caso o verbo confiar é transitivo indireto, pois quem confia, confia em.
CorretoNotas relativas a este envio: 1/1.
Question 3
Notas: 1
Colocar: “C” quando correto e “E” quando errado
a) () Amanhã se fará os últimos exames.
b) () Restam-me alguns dias de férias.
c) () Os Estados Unidos intervieram nos conflitos sul-africanos há alguns meses.
d) () É necessária liberdade de expressão.
e) () São crianças a cuja situação muita gente é insensível.
f) ( ) Envie algum dinheirodaquela casa de caridade.
g) ( ) Assisti e gostei muito daquele filme.
h) ( ) Não me pouparam esforços para que o rio fosse despoluído.
Escolher uma resposta.
a.
a) E b) C c) C d) E e) C f) E g) E h) E Errado
b.
a) E b) C c) C d) E e) C f) E g) E h) C Correto
c.
a) E b) C c) E d) E e) C f) E g) E h) E Errado
d.
a) E b) C c) E d) E e) C f) E g) E h) C Errado
e.
a) E b) Ec) C d) E e) C f) E g) E h) E Errado

Alternativa B.

a) Amanhã se fará os últimos exames.( o sujeito é últimos exames, verbo concorda no plural) farão
b) Restam-me alguns dias de férias.(correta, pois, sujeito alguns dias está no plural, verbo concorda no plural)
c) Os Estados Unidos intervieram nos conflitos sul-africanos há alguns meses.(sujeito EUA está no plural, verbo concorda noplural)
d) É necessária liberdade de expressão.(liberdade de expressão é sujeito em grau absoluto, a palavra “necessária” deveria estar no masculino.
e) São crianças a cuja situação muita gente é insensível.(correta)
f) Envie algum dinheiro daquela casa de caridade. ( a contração daquela está errada, pois, quem envia, envia algo para alguém, ou seja “para aquela”
g) Assisti e gostei muito daquelefilme. ( o verbo assistir e gostar são regidos por preposições diferentes, e neste caso estão regidos pela mesma preposição “de”)
h) Não me pouparam esforços para que o rio fosse despoluído.( correta, pois, o verbo poupar está no plural concordando com o sujeito esforços)

Correto
Notas relativas a este envio: 1/1.
Question 4
Notas: 1
Assinale a alternativa em que o uso da crase éobrigatório:
Escolher uma resposta.
a. Todos, às vezes, precisam ficar bêbados, e por isso bebem. (R. Braga) Correto
b. (...) evitei acompanhar Dr. Siqueira em suas visitas vespertinas à nossa bem amada. (J. Amado) Errado
c. Um rapazito de paletó entrou na rua e foi perguntar à Machona pela Nhá Rita. (Aluísio Azevedo) Errado
d. Mas o peru se adiantava até à beira da mata. (G. Rosa) Errado...
tracking img