Odontologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1723 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE CRUZEIRO DO SUL- SM

CURSO DE ODONTOLOGIA













PROMOÇÃO DE SAÚDE BUCAL

NO LAR SÃO JOSÉ



























SÃO PAULO- SP

Março- 2013



Bianca Nunes de Araújo RGM: 121032-7

Elsa Maria Lopes Garcia RGM: 122492-1

Janaina Campos Silva RGM: 121855-7

Larissa Abruzzeze RGM: 121255-9

Luciene Rosa RGM:122679-7



3º SEMESTRE A







Trabalho apresentado à disciplina de

Saúde coletiva ministrada pelo

Prof. José Rodrigues Fernandes.























SÃO PAULO- SP

Março- 2013

SUMÁRIO1- Introdução .................................................................................1



2- Objetivo......................................................................................2



3- Revisão de Literatura................................................................3



4- Materiais e métodos .................................................................55- Referências Bibliográficas.......................................................6






Introdução

A promoção de saúde bucal é um processo social que combina diferentes ações programáticas periódicas de caráter preventivo e educativo, cujo objetivo é controlar e reduzir o nível das doenças bucais que afetam uma dada população ou grupo social específico.
O papel dos dentistas dentro docontexto de saúde bucal da população infantil é de extrema importância, uma vez que esses profissionais detêm amplo conhecimento a respeito dos fatores etiológicos, meios de prevenção e controle das doenças bucais 1.
A disseminação desses conhecimentos, objetivando a promoção de saúde da população, portanto, representa o principal objetivo educacional a ser alcançado, cujo início deve ser precoce,através da orientação às gestantes e às mães de recém-nascidos, já que estas passam a ser as principais responsáveis pelo desenvolvimento de hábitos em seus filhos. 2
O grande desafio das equipes assenta na promoção de saúde bucal num grupo que ainda não pode ser considerado sujeito da ação – as crianças. Há interlocutores pais ou responsáveis, que devem ser estimulados a compartilharem com asequipes as responsabilidades. 3
A utilização de medidas preventivas desde os primeiros anos de vida auxilia no desenvolvimento de hábitos saudáveis que contribuirão para a manutenção da saúde bucal dos indivíduos. Cuidados simples, como a escovação dos dentes, o uso do fio dental e visitas periódicas ao dentista, podem evitar doenças na cavidade bucal: a cárie, a doença periodontal e a fluorose.Objetivo

Ensinar as crianças do LAR SÃO JOSÉ sobre as noções dos cuidados com a higiene da cavidade oral para prevenção de cárie e doença periodontal.


















































Revisão de Literatura

A cárie dentária e a doença periodontal são os males que mais acometem a cavidade bucal, sendo a cárie o mais comum em crianças.Thyslstrup e Fejerskov (1995) descrevem a cárie como um processo dinâmico que ocorre nos depósitos bacterianos (placa bacteriana na superfície dos dentes), resultando em uma alteração do equilíbrio entre a superfície dentaria e o fluído da placa que, com o passar do tempo, leva á perda mineral.4
Apesar das grandes conquistas associadas à saúde bucal nas últimas décadas,muitas pessoas em todo mundo,especialmente as mais pobres, ainda são afetados por problemas bucais.5
Na infância, a cárie dentária é considerada a doença mais comum dentre aquelas que não regridem espontaneamente e nem são passiveis de cura por intervenções farmacológicas de curto prazo.6
A cárie afeta de 60% a 90% das crianças em idade escolar nos países industrializados e também é uma doença muito prevalente entre as...
tracking img