Odontologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2769 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SEMIOTÉCNICA
Profª. Maria Inez Rodrigues Neves




CONSIDERAÇÕES GERAIS



Semiotécnica é a ciência que estuda obtenção e registro dos sinais e sintomas das enfermidades, respaldadas nos conhecimentos e experiência profissional para a elaboração do diagnóstico, consequente prognóstico,plano de tratamento e proservação do paciente.


As manifestações clínicas da doença que podem ser percebidas por meio dos sentidos naturais do homem são denominadas sinais: alterações de cor da mucosa, tosse, ruídos anormais, etc.; sintomas são os desvios do normal que somente são percebidos pelo paciente, que informará ao cirurgião dentista como dor, mal-estar, ansiedade, etc. Enquantoelemento patognomônico é um sinal ou sintoma que por si só leva o profissional ao diagnóstico da enfermidade.


O exame clínico está dividido em anamnese (interrogatório ou exame subjetivo) e exame físico ou objetivo.


Em nossa disciplina seguimos a orientação de TOMMASI (1989, p.16), que divide o exame clínico em anamnese e exame físico, sendo estesubdividido em aspecto geral do paciente ou a primeira impressão e exame loco-regional extrabucal e intrabucal.




EXAME CLÍNICO


3 Anamnese ou exame subjetivo


A anamnese consiste na conversa entre o paciente e o examinador, durante a qual o profissional deve transmitir confiança e respeito para que o paciente possa externar tudo o que lhe preocupa ouaborrece.




Objetivo da anamnese

Obter dados de identificação do paciente e todas as informações presentes e passadas que podem ser úteis na elaboração do diagnóstico, prognóstico e tratamento.


É a manobra mais segura e eficaz para que o nosso tratamento tenha sucesso. Ainda, é o método preventivo que nos permitirá realizar com segurança nossos atos clínicos e cirúrgicos,evitando lipotímias, convulsões, queda ou elevação abrupta de pressão arterial, hemorragias, e demais acidentes desagradáveis e perigosos para o paciente.


Deve-se deixar o paciente falar à vontade cabendo ao profissional a arte de ouvir e conduzir a conversa com o intuito de obter todas as informações presentes e passadas, que possam ser úteis na elaboração do diagnóstico, prognóstico eplanejamento terapêutico.

Vantagens da anamnese:



Prevenção das intercorrências - diabéticos, hipertensos, alergias etc...

menor tempo e maior confiança

lucro em dinheiro

êxito no tratamento





2.1.1 Identificação do paciente


Consiste na obtenção de dados pessoais do paciente como: nome, idade, sexo, cor, nacionalidade, naturalidade, procedência,estado civil, residência, profissão, local e condições de trabalho.





2.1.2 Queixa principal


É a anamnese espontânea, onde o paciente relata o motivo principal que o levou a procurar o profissional. Sempre que possível deve ser registrada com as próprias palavras do paciente e entre aspas, assim não haverá interpretações erradas.






2.1.3 História daDoença Atual


Consiste no histórico completo e detalhado da queixa principal em toda a sua evolução temporal e sintomatológica. O profissional levará o paciente a rememorar informações tais como: quando se iniciou a sintomatologia, a sua duração, o modo e características do início, se há episódios de exacerbação ou remissão do quadro clínico, a existência de relações com fatos ououtras queixas, etc.


A história da doença atual pode ser enriquecida após o exame físico do paciente, onde o profissional colherá mais detalhes que servirão de orientação no interrogatório e poderá encontrar outras alterações tão importantes quanto a queixa principal, mas que não foram valorizadas pelo paciente como úlceras aparentemente inócuas com mais de 10 dias de permanência e sem...
tracking img