Oceania e áfrica, fronteiras, economia, conflitos, fome e doenças

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 10 (2452 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 13 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
África
Industrialização tardia e incompleta

Por serem compradoras de produtos industrializados dos países do centro do sistema capitalista, as nações africanas permanecem como meras exportadoras de matérias-primas (minérios e produtos agrícolas). A grande necessidade de produtos industrializados e a pequena disponibilidade interna de capitais para comprá-los impede uma acumulação decapitaisno continente, pois a maioria dos escassos recursos financeiros acaba sendo canalizada para o exterior com as importações.

O setor industrial dos países africanos, de modo geral, não apresenta diversificação nem dinamismo suficientes para sustentar um desenvolvimento econômico autônomo. As exceções são o
Egito e a África do Sul.

Boa parte das indústrias que atuam em solo africano é compostade transnacionais ou de empresas ligadas a grupos tradicionais da pequena elite africana, altamente concentradora de lucros.

Obstáculos à industrialização

Pequena participação no comércio mundial.As exportações africanas ainda são irrisórias,mas têm conseguido isenções de tarifas especialmente por parte da União Européia.

Escassez de capital. As nações africanas são obrigadas a recorrer aempréstimos internacionais, elevando suas dívidas externas.

Remessa de lucros. As transnacionais estabelecidas na África remetem os lucros para seus países de origem.

Escassez de mão-de-obra qualificada. A baixa qualificação dos trabalhadores africanos desestimula a instalação de indústrias modernas no continente, no contexto da globalização econômica.

Mercado interno restrito. Grandeparte da população africana ainda reside na zona rural e tem baixíssimo poder de compra.

Guerras civis. As guerras inter étnicas e intertribais abalam economias e populações em diversos países da África.

Integração econômica da África

Apesar dos conflitos, a integração econômica do continente africano é possível. Á África tem potencial econômico, exemplificado pela riqueza do subsolo, pelagrande biodiversidade e pelo potencial criativo de
seus povos e culturas.

Algumas tentativas políticas têm sido realizadas para promover a unidade e a prosperidade econômica do continente, entre elas a SADE
(Comunidade de Desenvolvimento da África Austral)
e a UA (União Africana)

A SADC, o maior bloco comercial da África, enfrente problemas nas esferas políticas, econômica, social,militar, ambiental e cultural. Um dos maiores desafios é conseguir colocar em prática um protocolo sobre livre circulação de pessoas e produtos. Isso porque o bloco não tem o respaldo da chamada sociedade civil dos países africanos nos programas de ação que propõe.

A UA surgiu em julho de 2002, em substituição a OUA (Organização da Unidade Africana). Uma de suas realizações para enfrentar ainstabilidade política no continente foi a criação do conselho de paz e Segurança, destinado a intervir em conflitos étnicos e tribais para prevenir genocídios.

Programas de industrialização

O processo de industrialização iniciou-se na África após a descolonização, nas décadas de 1950 e 1960.
Nos países onde ocorreu algum desenvolvimento industrial, criaram-se as condições para:

Fortalecimentodas economias nacionais, possibilitado pelo aumento da renda das populações e do consumo interno, assim como pela geração de novas atividades produtivas e novos postos de trabalho;

Incremento das bases econômicas nacionais, visando diminuir as importações e aumentar a poupança interna dos países;

Surgimento da OUA (Organização da unidade Africana), em 1961, buscando da unidade política eestabilidade econômica e territorial à África;

Aumento do Grau de beneficiamento das mercadorias, com o objetivo de aumentar a lucratividade dos setores voltados para a exportação .


As Fronteiras da África
O imperialismo europeu e a fragmentação territorial da África

A ação dos colonizadores portugueses, ingleses, belgas, alemães, franceses e holandeses
Cominada a outros fatores,...
tracking img