Objetos achados

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (736 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A influência dos Movimentos Dadaístas e Surrealistas no desenvolvimento do pensamento de objetos achados é bem grande. São eles que ao tomarem o objeto funcional como objeto artístico. Abrem o debatesobre os objetos domésticos x objetos de arte. A apropriação de objetos funcionais, banais, industrializados impôs ao conceito de arte uma redefinição - até então era aceitável pensar a obra de artepertencendo às categorias pintura e esculturas - assim, dadaístas e surrealistas, encarnavam o rompimento da fronteira entre vida cotidiana e arte.
O Surrealismo foi um movimento artístico francês(que mais tarde se expandiu para outros países) formado por André Breton, em 1920. Surgiu a partir do Dadaísmo. Este movimento surrealista foi em grande parte influenciado pelas teorias de SigmundFreud (importante neurologista) referentes à psicanálise. Segundo Freud, o homem deve libertar a mente das regras e dos padrões impostos pela sociedade, dando assim maior importância aos sonhos e à suaprópria inconsciência. A psicanálise foi, portanto uma das bases do Surrealismo.
O que deu a conhecer ao mundo o Surrealismo foi o Manifesto Surrealista, em 1924. Neste manifesto, declararam-se osprincípios surrealistas, que falavam da isenção da lógica, e da adopção de uma realidade superior, chamada "maravilhosa". Os surrealistas mostraram-se também adversos a determinados valores, como a pátria,a família, a religião, o trabalho e a honra. Nos anos 30 foram principalmente Salvador Dali (que se iniciou no movimento em 1929) e Magritte que mais se destacaram no surrealismo.
Já o dadaísmosurgiu no ano de 1916 em Zurique, no chamado Cabaret Voltaire, por iniciativa de um grupo de artistas e escritores, que decidiram romper com todos os valores e princípios estabelecidos anteriormente àPrimeira Guerra Mundial, inclusive os artísticos.
A própria palavra dada não tem outro significado senão a própria falta de significado, sendo um exemplo da essência deste movimento.
O movimento...
tracking img