Objeto libidinal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1199 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A ansiedade dos oito meses é caracterizada por uma mudança decisiva no comportamento do bebê. Nesse período a criança possui uma distinção entre um conhecido e um estranho, o sorriso se limita apenas ao primeiro. Se um estranho se aproxima, ele desencadeará na criança um comportamento de rejeição e certa ansiedade. Essa resposta de fuga pode ser de caráter individual e imerso em um contextofamiliar/afetivo, cada qual pode reagir com diferentes comportamentos (abaixar olhos,cobri-los com as mãos,esconder rosto,etc) mas todos visam a mesma finalidade,que é essa esquiva a presença/interação do estranho,uma recusa de contato com o desconhecido. Sendo tal comportamento, considerado pelo autor como a primeira manifestação de ansiedade propriamente dita.
No primeiro ano de vida se divide aansiedade em três estágios: O primeiro deles é no processo de parto,onde temos duas vertentes de pensamento,para Rank (1924) é conhecido como “trauma de nascimento”,onde o tal é responsável por quaisquer problemas psiquiátricos posteriores. Já para Freud essa hipótese não lhe era plausível e sim essa reação vista como o protótipo fisiológico de toda ansiedade posterior.
No decorrer do períodoneonatal se observa manifestações de desprazer,sendo fenômenos de carga difusa,e não uma ansiedade propriamente dita. É nos oito meses que as manifestações de desprazer se tornam mais claras e perceptíveis ,dotadas de um conteúdo psicológico (memória). Ocorrem então respostas a estes desprazeres, cada vez mais específicas.
No ponto de vista materno é o início de uma comunição simples mãe-bebê. Doponto de vista do bebê é a expressão voluntária e articulada de um sinal de desconforto , mas não ainda um apelo de ajuda. As manifestações da criança vão se tornando mais inteligíveis e os seus responsáveis aprendem lentamente a distinguir um choro de fome ou o choro de desejo de ser entretida. Os comportamentos são direcionados a uma determinada resposta que satisfaça suas necessidades. Ou seja,as respostas se tornam mais bem adaptadas, afim de que facilitem a compreensão de uma conexão entre o que ela faz e suas consequências em quem à cerca.
No terceiro mês de vida,a criança detem traços de memória de uma série signos dirigidos do meio,que são decodificados em seu mecanismo psíquico. Karl Burhl chamou de apelo,essa capacidade de assimilação e decodificação que a criança tem de suasnecessidades. Pode-se fazer uma analogia invertida com o reflexo condicionado,pois no estágio do apelo a criança(sujeito) é quem dá a deixa através do choro de fome,e o meio circundante responde,sendo assim o meio condicionado pela criança. Por isso,as duas partes da experiência,o choro de fome e a satisfação sucessiva passam a ter ligação na memória da criança,em consonância com uma conexãoafetiva. Para Ferenczi(1916) ter a satisfação de ter o sentimento de fome extinto é um estágio inicial do sentido de realidade.De onipotência.
Temos aqui o princípio post hoc ergo propter hoc em conexão com a própria ação da criança,que mobiliza a ajuda materna para a satisfação de suas necessidades. Tal princípio se subdividirá mais tarde em duas direções,uma em sua forma mais rudimentar,com umprocesso de funcionamento primário e outra progressivamente refinada até se tornar um dos refinamentos mais poderosos do homem,sob a forma do princípio do determinismo.
A criança influência o ambiente a fim de aliviar seu desconforto.Temos aqui uma transição do estágio de pura manifestação do que ela sente,para o que ela deseja. Esse é o primeiro passo importante com o qual começa a comunicação.
Apóso terceiro mês os traços de memória se desenvolvem cada vez mais,e estão relacionados com matrizes de afeto que causam prazer,e às vezes,desprazer.
A sensação de desprazer desencadeia na criança produz como resposta o medo,como por exemplo o medo que o seu parceiro adulto, a deixe. Este que pode ser considerado o segundo passo em direção ao estabelecimento de ansiedade propriamente dita, e...
tracking img