objetivos de historia- imperio romano

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1527 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de fevereiro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Objetivos de História

1. Localizar o espaço imperial romano (espaço e tempo)

O espaço imperial romano localiza-se na peninsula itálica, no séc. III a.c. Roma para além de dominar a peninsula itálica tambem dominava o norte de áfrica e parte da peninsula ibérica.
À medida que os séculos passavam roma foi conquistando cada vez mais territórios, poder e fortuna.
Até ao século I e II jádepois de cristo roma ainda conquistou a Grécia, a Macedónia, a Judeia, o Egipto, a Gália, a Britânia e a Dácia.

2. Reconheçer o caratér urbano da civilização romana.

A civilização romana é essencialmente urbana, porque a cidade é o ccentro económico, político , social, administrativo e cultural. A urbe não é um simples conjunto de edíficios, mas uma associação destinada a satisfazer hábitos,necessidades e interesses comuns daqueles que nela habitavam. Roma é o centro do poder e o coração do império, tudo a ela estava ligado por meio de estradas e pontes. Esta era um modelo a seguir e estendia o seu modo de organização a todo o império.


3. Referir de forma abreviada as instituições governativas de roma antiga.

As intituições governativas de roma antiga são o senado, que era aassembleia dos notaveis, ou seja, dos cidadãos mais prestigiados, este administrava as provincias ( regiões conquistadas pelos romanos) controlava o Tesouro e as magistraturas e tomava decisões sobre a politica externa da urbe. Os comícios, que eram a assembleia do povo romano e tinham como cargos eleger os magistrados e aprovar as leis.Os magistrados, que eram os que defendiam os direitos doscidadãos mais humildes de Roma (plebeus), detinham poderes executivos, judiciais e militares e eram designados por um só ano podendo ocupar o cargo cada pessoa uma vez na vida.

4. Explicar a institucionalização do poder imperial.

A institucionalização do poder imperial, iniciado no séc. 27 a.c por Octávio César Augusto, constítui um processo lento no qual é possivel ter uma ideia: o poder ficanas mãos de um chefe que o exerce de um modo pessoal. César Augusto conseguiu autoridade pessoal, absoluta e de carater quase divino.






5. Demontrar a importancia assumida pelo imperador como elemento de coesão política.

O imperador era um importante elemento de coesão politica porque detinha poderes mais importantes entre os quais estavam o poder de fiscalização de todos asprovincias (Imperium proconsulare maius), o de ter direito de veto ( não não me enganei é mesmo veto e não voto) sobre as decisões dos magistrados e de poder convocar o senado e os comicios do povo ( tribunicia potesta) e o de princeps senatos que significava que ele era o primeiro dos senadores.

6. Salientar a riqueza e a utilidade do direito Romano.

O direito Romano era um conjunto de normasjuridicas que regia a vida de um povo. Os romanos criaram o direito de modo a que a administração do seu vasto império e a convivência pacifica das suas gentes se tornassem possiveis, e isto não seria possivel sem que existisse um conjunto de leis abrangentes e organizadas que definem as normas a seguir nos grandes e pequenos problemas da vida quotidiana.
Inicialmente os romanos transmitiam as leisoralmente, passando de geração em geração mas depois de uma revolta do povo, em meados do séc. V a.c, as leis foram gravadas em 12 tabuas, “ A lei das 12 tabuas” dando origem ao primeiro codigo. No entanto as leis rapidamente se mostraram insuficientes e xomo novas situações originaram novas leis, os magistrados encarregados da justiça criaram essas novas leis. Os romanos redigiram um conjunto vastode leis, orientados pelos principios claros da justiça “ viver honradamente, atribuir a cada um o que é seu, não prejudicar ninguem”. Estas novas leis atuaram como um importante fator de pacificação e união dos povos do império, pois estes não se sentiam sujeitos a um poder ilimitado mas sim protegidos por leis claras, justas e adequadas à comunidade.

7. Distinguir as etapas da extensão da...
tracking img