Objetividade e identidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1569 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DURKHEIM, E. DURKHEIM, E. DURKHEM, E. “Objetividade e identidade na análise da vida social”. In:
FORACCHI, M; MARTINS, J. de S. Sociologia e sociedade: leituras de introdução à sociologia. Rio de
Janeiro: LTC, 1978. pp. 23-52.

Objetividade e identidade na análise da vida social
[...] Os fatos sociais devem ser tratados como coisas [...] não afirmamos que os fatos sociais sejam coisasmateriais, e sim que constituem coisas ao mesmo título que as coisas materiais, embora de maneira diferente.

[...] É coisa [...] tudo aquilo de que não podemos formular uma noção adequada por simples processo de análise mental, tudo o que o espírito não pode chegar a compreender senão sob condição de sair de si mesmo, por meio da observação e da experimentação, passando progressivamente doscaracteres mais exteriores e mais imediatamente acessíveis para os menos visíveis e mais profundos.

[...] herdamos já feita pelas gerações anteriores a maior parte das instituições sociais; como não participamos de modo nenhum em sua formação, não é nos interrogando que poderemos descobrir as causas que as fizeram nascer.

[...] Como poderíamos, então, discernir com clareza maior as causas muitomais complexas de que procedem os empreendimentos da coletividade? Pois cada um de nós não participa senão em ínfima parte nesses empreendimentos;
possuímos uma multidão de colaboradores e escapa-nos o que se passa nas outras consciências.

[...] É necessário que, ao penetrar no mundo social, ele tenha consciência de que penetra no desconhecido; é necessário que se sinta em presença de fatos cujasleis são tão desconhecidas quanto o eram as da existência antes da constituição da biologia.

[...] o sociólogo parece, na verdade, se mover entre coisas imediatamente transparentes ao espírito.

[...]o que importa saber não é a maneira pela qual tal pensador concebe individualmente determinada instituição, mas sim a concepção que dela formula o grupo; somente esta concepção é socialmenteeficaz.
[...] Não existem mais quase sociólogos que neguem à Sociologia toda e qualquer especificidade.

[...] A vida [...] existe no todo e não nas partes.

[...]Os fatos sociais não diferem dos fatos psíquicos apenas em qualidade; apresentam um substrato diferente, não evoluem no mesmo meio, não dependem das mesmas condições.

[...] os estados da consciência coletiva são de naturezadiferente dos estados da consciência individual; são representações de outra espécie. A mentalidade dos grupos não é a mesma dos particulares; tem suas leis próprias.

[...] Representações que não exprimem nem os mesmos sujeitos, nem os mesmos objetos, não poderiam depender das mesmas causas. Para compreender a maneira pela qual a sociedade se vê a si mesma e ao mundo que a rodeia, é preciso considerara natureza da sociedade e não a dos indivíduos.

[...] definição [...] de fatos sociais [...] consistem eles em maneiras de fazer ou de pensar, reconhecíveis pela particularidade de serem suscetíveis de exercer influência coercitiva sobre as consciências particulares.

[...] É verdade que, a certos respeitos, os hábitos individuais ou hereditários apresentam esta mesma propriedade:dominam-nos, impõem-nos crenças ou práticas. Todavia, a dominação é interior; pois os hábitos existem por inteiro em cada um de nós. Ao contrário, as crenças e práticas sociais agem sobre nós a partir do exterior: assim, a ascendência exercida por uns e outros é, no fundo, muito diferente.

[...] tudo o que é real tem uma natureza definida que se impõe,
[...] as maneiras coletivas de agir ou de pensarapresentam uma realidade exterior aos indivíduos, os quais, a cada momento do tempo, com elas se conformam.

[...] Mas, para que exista o fato social, é preciso que pelo menos vários indivíduos tenham misturado suas ações, e que desta combinação se tenha desprendido um produto novo. E como esta síntese tem lugar fora de cada um de nós [...] seu efeito é necessariamente fixar, instituir, certas...
tracking img