Objectivos da comunicação empresarial

HISTÓRICO DA COMUNICAÇÃO
Na década de 1980, as organizações adoptaram o conceito estratégico com mais força em o conceito de posicionamento passou a ser o foco.
Não se aceitava facilmente quealguém da academia pusesse emprestar seus esforço à aréa privada.
Deve-se lembrar ainda que, na década de 1970, à chivagem ideológica regia-se por padrões antigos: ainda se preagava a luta de classes.As disputas entre relações públicas e jornalistas refluíram principalmente porque o corporativismo dos respectivos sectores cedeu lugar a competência. As empresas começaram a contratar profissionaispelo critério da qualidade do profisssional. Os modelos comunicacionais tornaram-se complexas com a implantação de subaréas da comunicação. Os sectores de marketing, historicamente arredios, também seaproximaram da comunição organizacional, em função da necessidadede de conceber e executar programas e projectos comuns. Por fim, até os mais renitentes e resistentes “ pensadores” contrarios àactividade da comunicação foram obrigados a rever posições.
Na década de 1980, adoptaram conceito estratégico com mais força. A aréa estratégica se caracterizava pela necessidade de a organização ser aprimeira do mercado ou no máximo, a segunda. Trabalhou-se o conceito de posicionamento. Surgiram as grandes corporações e os modelos eram desenhados visando à centralização das chamadas meios (planeamento, recursos humanos,comunicação) e a descentralização das chamadas funções- (fabricação, vendas e distribuição). A profisssionalização tomou corpo e os quadros do jornalismo das redacções dos grandesjornais e revistas assumiram funções importantes nas operações.
O ingresso dos jornalistas nas empresas deu novo ritmo à comunicação organizacional.


A Comunicação e a Cultura

Os trabalhosacadêmicos de 1980 e 1990, foram praticamente inspirados e guiados pela tônica jornalistica, abrajindo questões de forma e linguagem, tipologia da comunicação organizacional, abragência temática,...
tracking img