Obesidade infantil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6089 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Obesidade das crianças de 07 a 10
anos das escolas municipais de
Progresso - RS

Márcia Calvi

1

RESUMO: A presente pesquisa tem como objetivo
verificar o grau de obesidade das crianças de 07 a 10
anos das escolas municipais de Progresso - RS, fazendo
uma relação com a prática de atividade física, o estilo
de vida e os hábitos alimentares das crianças. O estudo
apresentadocaracteriza-se como descritivo exploratório
e os sujeitos da pesquisa são 62 crianças, sendo 32 do
sexo masculino e 30 do sexo feminino, todos residentes
no meio rural. Para esta pesquisa foi avaliado o índice
de massa corporal, classificando o índice de obesidade
pelo NCHS e aplicado um questionário adaptado de
Burgos, Reckziegel e Franke (2004), para avaliar o
perfil alimentar e a prática deatividade física. Os
resultados mostram que 77,41% das crianças
entrevistadas foram classificadas como normais ou
eutróficas, o que pode ser justificado por possuírem um
estilo de vida que condiz com a consciência de hábitos
alimentares naturais e equilibrados e por apresentarem
perfil satisfatório de atividades físicas. Os resultados
são satisfatórios e sugerem um perfil positivo de
padrõesnutricionais, de atividade física e qualidade de
vida, apontando para hábitos de vida saudáveis dos
escolares do município de Progresso.

PALAVRAS-CHAVE: obesidade, alimentação, criança,
educação, atividade física.

1

Graduada em Educação Física pela Universidade de Santa Cruz do Sul –
UNISC e Professora da Rede Municipal de Progresso-RS.
E-mail: mcalvi@hot mail.com
Pleiade, Foz doIguaçu, v. 2, n. 1, p. 29-48, jan./ jun. 2008.

29

Márcia Calvi

INTRODUÇÃO
É comum ler, ouvir ou assistir nos meios de comunicação
que a atual geração de crianças é denominada de Geração CocaCola e McDonald’s, devido ao alto consumo de refrigerantes e
alimentos industrializados, numa forte referência aos maus hábitos
alimentares das crianças e o pouco esforço físico que praticam. Istoagregado a uma vida mais sedentária, ocasiona um aumento
considerável de peso e, conseqüentemente, a obesidade infantil. A
proposta de verificar o grau de obesidade das crianças de 7 a 10
anos justifica-se tendo em vista que a Escola precisa ser um
elemento partícipe na orientação, divulgação de dados e prevenção
da obesidade. Assim, os professores e estudantes de Educação
Física têm uma árduatarefa a desempenhar nesta área de pesquisa
e na análise deste problema.
Para tanto, avaliou-se o peso e estatura dos sujeitos de
estudo, verificou-se o percentual da massa corporal dos sujeitos da
pesquisa

para

o

estabelecimento

do

índice

de

obesidade,

identificou-se os hábitos alimentares e práticas de atividades físicas
dos sujeitos da pesquisa e comparou-se opercentual de obesidade
com os hábitos alimentares.
Constituem-se sujeitos desta pesquisa 62 crianças (32 do
sexo masculino e 30 do sexo feminino) entre 07 a 10 anos no
município de Progresso – RS, matriculados em escolas municipais
localizadas na zona rural.
No município de Progresso, com a chegada dos primeiros
imigrantes italianos, houve grande desenvolvimento, principalmente
nas culturasagrícolas, tendo como principal atividade econômica a
agricultura e a pecuária, cuja cultura de alimentos é bem rica em
gordura - derivados de leite, massas, molhos e farinhas. As crianças
desde seus cinco anos são levadas a ajudar seus pais no trabalho,
seja na roça ou na avicultura, não tendo muito tempo para assistir
televisão ou jogar algum jogo no computador, até mesmo porque

30Pleiade, Foz do Iguaçu, v. 2, n. 1, p. 29-48, jan./ jun. 2008.

Obesidade das crianças de 07 a 10 anos das escola s municip ais...

nem todos têm acesso, o que contribui para uma maior mobilidade
das crianças.
Esta pesquisa caracteriza-se como um estudo descritivo
exploratório que, segundo Cervo e Bervian (2002), tem a finalidade
de promover a familiarização com o fenômeno e obtenção de...
tracking img