Obesidade infantil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2579 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

Em um mundo em que se define o normal como um conceito estatístico os extremos são encarados como segregação, preconceitos e uma curiosidade mórbida. Altos e baixos, magros e gordos, todos os pólos são problemáticos e enfrentam dificuldades diárias. Entre todas as alterações do nosso corpo, provavelmente a obesidade é a situação mais complexa e de difícil entendimento, tanto nomeio científico como entre os leigos (FISBERG, 1995).

A associação entre excessos de peso corporal e maior suscetibilidade à complicações metabólicas e funcionais tem sido objeto de inúmeros estudos em adultos. Embora tenha-se conhecimento de que os efeitos deletérios à saúde devido ao acúmulo de peso corporal não sejam os mesmos entre adultos e indivíduos mais jovens (GUEDES e GUEDES, 1998apud SANGI et al, 1992).

Segundo Guedes e Guedes (1998), crianças e adolescentes com sobrepeso ou obesos apresentam maior número de fatores de risco predisponentes a distúrbios cardiovasculares. No entanto, as preferências alimentares e comportamentais das crianças, assim como as atividades físicas, são práticas influenciadas diretamente pelos hábitos dos pais, o que reforça a hipótese queos fatores ambientais são decisivos na manutenção ou não do peso saudável (OLIVEIRA et al, 2003).

O risco relativo de uma criança torna-se obesa quando adulta, em relação à probabilidade de uma criança não obesa o ser na adultícia, é de duas e seis vezes. Na infância, os principais riscos para a saúde da criança obesa são a elevação da taxa de triacilgliceróis e do colesterol ruim,alterações ortopédicas, pressóricas, dermatológicas e respiratórias. Na maior parte das vezes, as alterações metabólicas são mais evidentes na vida adulta (FISBERG, 1995).

Desta maneira, percebe-se que a influência de fatores biológicos e ambientais no desenvolvimento de sobrepeso e obesidade infantil, conformando o caráter multifatorial (OLIVEIRA et al apud ARQ. BRAS. ENDOCRINOL. METAB. 2003; 43/2:144-150). E torna-se evidente a importância da identificação desses fatores, assim como a transgressão do diagnóstico comum.

Processo de transição nutricional, demográfica e epidemiológica

O principal mecanismo da obesidade é um desequilíbrio entre a formação e a destruição das células adiposas no organismo. Todas as calorias que comemos podem ser transformadas e armazenadas sob a formade células adiposas e, o que gastamos favorece a destruição dessas células. Portanto, a obesidade em si não significa, obrigatoriamente, que a pessoa coma muito, significa também, que ela gasta pouco do que come (BALLONE, 2003).

Um aumento exagerado do consumo de alimentos ricos em gordura e com alto valor calórico, associados a excessivo sedentarismo condicionado por redução na prática deatividade física é incrementado de hábitos que não geram gasto calórico e criam uma importante mudança no estilo de vida, determinada por fatores culturais, sociais e econômicos. A influência do micro e macro ambiente, no desenvolvimento do ganho excessivo de peso em crianças, foi confirmado em um estudo que demonstrou ser a prevalência de sobrepeso maior que o dobro em alunos matriculados narede de ensino privado (13,4%), quando comparados aos da rede de ensino público (6,5%), e de obesidade quase o triplo, 7,0% vc 2,7% (OLIVEIRA et al, 2003 apud YANOVSKI, 2002).

Em cada país e região do mundo são encontrados aspectos singulares da transição nutricional e comportamental, porém, as mudanças nos padrões de alimentação mundiais indicam um aumento no consumo de alimentos ricos emgordura (particularmente as de origem animal), açúcar, grãos refinados e conseqüentemente diminuição do consumo de frutas, vegetais e grãos integrais. Esta dieta, segundo Monteiro (1995) e Hoffman (2001), tem sido associada com casos de diabetes, doenças coronarianas, aumento excessivo do consumo de calorias e obesidade. Assim, a transição nutricional se correlaciona com mudanças demográficas,...
tracking img