Obesidade infantil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 34 (8440 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1 INTRODUÇÃO

A obesidade é conhecida como o acúmulo de tecido gorduroso, distribuída pelo corpo, e pode ser causada por doenças genéticas, endócrino–metabólicas ou ainda por alterações nutricionais (FISBERG, 1995). De acordo com o Consenso Latino Americano a obesidade é uma doença crônica que vem acompanhada de várias complicações, caracterizada pelo acúmulo de gordura (COUTINHO, 1998).1.1 Obesidade Infantil

A obesidade hoje não está presente apenas em adultos, ela atinge todas as faixas etárias levando a um problema de saúde que quando ocorre na infância, provavelmente permanecerá até a idade adulta. A obesidade na maioria das vezes causa morbidade. Na adolescência iniciam-se os fatores de risco que na idade adulta aumentarão a taxa de morbidade e com isso o surgimento dedoenças como arteriosclerose, hipertensão arterial e alterações metabólicas. (FISBERG, 2006)
Enquanto se verificava os danos causados pela obesidade, a sua prevalência aumentava, sendo assim a Organização da Saúde passou a considerar a obesidade uma epidemia global. (OMS, 1998).

Após a Segunda Guerra Mundial, ocorreram várias mudanças no perfil epidemiológico nos países do hemisfério norte,houve um aumento
da prevalência de doenças crônicas não transmissíveis (doenças cardiovasculares, câncer, diabetes e obesidade), isso levou a ampliação das correlações causais com a alimentação, diminuição da atividade física e outros aspectos ligados à vida urbana. Recentemente, estas doenças também são compreendidas como problema de saúde pública nos países do hemisfério sul, (MONTEIRO et eAL, 2000).

“Em termos econômicos, o período após 1945 caracterizou-se como “os anos dourados do capitalismo”, marcados pela criação de novos mercados e repetidos ganhos de produtividade
industrial. Neste período, privilegiava-se o atendimento do mercado de massas com produtos padronizados produzidos em grandes quantidades, e garantindo ganhos em escala e redução de custos, configurando assim,o modelo econômico chamado “fordista”. Neste período, sobretudo na
Europa Ocidental e América do Norte, verificou-se ampliação na produção industrial de bens de consumo duráveis e aumento acelerado do setor de serviços, além de um crescimento do espaço urbano. No final dos anos 60, os ganhos de produtividade decresceram e a sociedade requisitava produtos cada vez mais segmentados, levando àcrise do modelo econômico estabelecido. No âmbito da indústria agroalimentar, as mudanças também foram sentidas, e a partir da década de 80, a diversificação da produção e do consumo permitiu o lançamento de produtos semi-prontos, étnicos, dietéticos, saudáveis e naturais. Na economia brasileira, embora o processo de industrialização
tenha-se iniciado a partir da década de 30, com um significativodesenvolvimento a partir dos anos 50, somente a partir da década de 70 é que se verificou crescimento expressivo da indústria de bens duráveis, em conjunto com o progressivo processo de industrialização do setor primário
e aumento significativo, em diversidade e volume, na produção de bens de consumo não duráveis (TARDIDO et AL, 2006).”

A industrialização do país modificou o quadrodistributivo da mão de obra, ocorreram reduções das ocupações nos setores extrativos e da agricultura em toda a população que, no caso das mulheres, foi seguida de aumento nos setores do comércio e sociais. Esse processo expandiu a migração interna, pois em 1970, os moradores das áreas urbanas somavam 58% da população, já em 2000, 81% da população residia nos aglomerados
Urbanos, (INSTITUTO BRASILEIRODE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA, 2002).
Seguindo este deslocamento, o sobrepeso e a obesidade na população brasileira sofreram crescimento entre as décadas de 70 e 90. 20

A urbanização fez com que ocorresse uma mudança nos padrões de
vida e comportamentos alimentares. Em países em desenvolvimento, existe uma diferença entre os alimento consumidos na zona rural e na zona urbana, numa relação...
tracking img