Novas midias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2358 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA
INSTITUTO DE COMUNICAÇÃO E ARTES
CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

cAMILA fLORES
PATRÍCIA BRANDÃO
rENATA dELFIm

NOVAS MÍDIAS

belo horizonte
2011
O CONCEITO DE NOVAS MÍDIAS

Novas mídias é um termo de amplo significado, usado como referência no que se diz respeito às novas tecnologias e meios de comunicação que se diferem dos convencionais comotelevisão, rádio, dentre outros. Dentre estes meios podemos citar a internet, a IPTV, celulares, etc.

Os avanços nessas áreas podem ser benéficos e lucrativos visto que a partir dessas novas mídias as empresas podem interagir com seus consumidores de uma maneira diferente: elas podem acompanhar tendências e se manter informadas sobre suas preferências, seja através de sites derelacionamento, de blogs, podcasts, ou até através dos seus próprios sites, com custo reduzido, com o objetivo de atingir diretamente o público-alvo.
O "no-media" pode ser compreendido como um canal de distribuição de conteúdo ou até como um novo canal de comunicação. As novas mídias desse conceito de mais destaque são a internet, os comunicadores instantâneos, celulares, mídias indoor e eventos.Dentre os meios de internet temos diversos exemplos como os VLOGS e produções áudio visuais presentes em sites como o YOUTUBE. Atualmente figuram este cenário “vloggers” como PC Siqueira, Felipe Neto e o Mystery Guitar Man.

As temáticas voltadas a esse tipo de meio variam bastante indo desde depoimentos em primeira pessoa, no caso dos dois primeiros, até na produção de músicas cominstrumentos incomuns e montagens de vídeo, e o resultado final se baseia na vinculação de propagandas de produtos junto a estes vídeos.

ESTUDOS DE NOVAS MÍDIAS

Segundo o professor e pesquisador José Luiz Braga, superamos já uma percepção de que os usuários dos meios ditos "de massa" como televisão, rádio, dentre outros, seriam homogêneos e passivos de opinião, ele ainda acrescenta:"reconhece-se hoje uma possibilidade de resistência baseada em mediações culturais extra-midiáticas". O que ele diz, mais explicitamente, é que as coisas ficam mais evidentes na internet, mesmo um conteúdo apresentado na televisão acaba por ter repercussão nos meios digitais e vice-e-versa.

Um bom exemplo ligado a essa tendência é o site Wikipedia, uma enciclopédia livre, e o próprioYoutube, site de compartilhamento de vídeos, ambos contando com uma fonte de informação aberta voltada a um conteúdo inteiramente produzido pelo consumidor, onde estão presentes desde críticas a produtos até assuntos ocasionais.

A MÍDIA DE MASSA X AS NOVAS MÍDIAS

Verifica-se atualmente uma queda nas receitas, lucros e tiragens voltadas á campanhas publicitárias de empresas ligadas amídias de massa, como a televisão e o rádio, fato este ocasionado pela ascensão das novas mídias.

Segundo o publicitário Leonardo Lawrence, "o mercado da mídia vivenciará, cada vez mais, a disputa entre os chamados ''meios de comunicação de massa'' e a “mídia participativa". Ele ressalta que "as novas mídias, como indoor, marketing pelo celular, sites colaborativos, entre outras, não são mais ofuturo, mas sim o presente contexto da comunicação”.

Essa multiplicidade de conteúdo, vinda de diversas fontes diferentes da mídia tradicional, mostra novas realidades. O Google, por exemplo, é a organização de mídia mais valiosa do planeta atualmente e certamente a mais conhecida e acessada, há pessoas que já nem mais decoram endereços de sites, somente digitam uma palavra-chave e lá encontram oque procuram. Sua capitalização nos mercados de ações equivale a 50% da Time Warner, maior conglomerado mundial de mídia tradicional, relevando o fato de que o Google é uma empresa livre de venda de informação e conteúdo.

Com o advento da internet vive-se, então, a fase das novas tribos, como aponta o antropólogo Michel Maffesoli em seu livro "O Tempo das Tribos" do ano de 2000 no qual...
tracking img