Norberto bobbio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (270 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CONCLUSÃO PARTICIPATIVA DO GRUPO DE ESTUDO

Como compreendido a teoria de ordenamento jurídico de Bobbio é apenas uma complementação dos trabalhos de Kelsen, e tambémdiscorrendo sobre a Teoria de Norma Jurídica uma obra feita pelo autor que reconheceu que “não sabe o que é Direito”, desta forma conclui-se que o Direito não é definidoapenas por uma norma isolada e sim um vasto campo de ordenamento jurídico compreendido e estudado.
Bobbio em sua tentativa de caracterização do Direito definiu algunscritérios.
Em normas positivas ou negativas, gerais ou individuais, categóricas ou hipotéticas usando também os critérios materiais entre outras.
Em sua definição da norma aoordenamento Bobbio diz: norma jurídica como aquela cuja execução é garantida por uma sanção externa e institucionalizada, ou seja, a norma é executada por agentes dasociedade e de uma entidade seja governamental ou não.
Sendo elementos básicos da norma ao ordenamento:
A coerção, institucionalização, organização, completo sistemanormativo.
Assim como Bobbio indica que a teoria do ordenamento jurídico é a única capaz de proporcionar uma resposta aos problemas das normas sem sanções, acreditamos que essacolocação se adequa aos dias atuais do Direito.
Concluímos desta forma que Bobbio está atualizado e que seus princípios fazem parte de uma proposta dos OrdenamentosJurídicos do Direito como ciência.
Como uma forma de demonstrar o conhecimento em sua amplitude sobre filosofia do Direito e como estudantes e futuro juristas concluímos elembramos de uma frase de uma pessoa muito importante e apesar de ser da antiguidade da Grécia lembramos:
“Eu só sei, que nada sei”
Sócrates
469 ou 470 a 399 a.C. Atena.
tracking img