Nonoai

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5952 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

O relatório que será apresentado a seguir foi elaborado pelas acadêmicas Caroline Frillich Bringhenti e Francieli Maria Gabiati, como forma de avaliação de Núcleo 03-Ciclo da Vida no Contexto Social e Profissional.
O trabalho foi realizado a partir de duas visitas realizadas ao município de Nonoai-RS.
A primeira visita será retratada no Capitulo I, no qual abordará segmentos dacidade de Nonoai, que foi visitada pelas acadêmicas no dia 24/08/2011, como: cultura, lazer, saúde, educação, aspectos econômicos, influência da barragem construída recentemente na vida dos moradores, além de outros aspectos importantes da cidade, como religião que é um dos maiores meios de turismo do município.
A segunda visita será retratada no capítulo II. A visita foi realizada a casa dafamília Bringhenti, no dia 08/11/2011. Aspectos culturais, sociais e econômicos serão abordados. Assim, como também serão abordadas histórias interessantes da família, sua cultura, modo de vida, relacionando entre saúde/doença, sempre lembrando as fundamentações de acordo com a teoria de Bronfembrener.










1.0 Capítulo I

Neste capítulo será retratada a primeira visita à cidade deNonoai, no qual serão abordados aspectos culturais, econômicos, religiosos e modo de vida da população Nonoaiense, a fim de relembrar o primeiro relatório apresentado.
1.1 História do Município
Nonoai foi descoberta no ano de 1838, pelo desbravador João Cipriano da Rocha Loires, que era um civilizador de tribos indígenas e conhecedor das regiões que residia em Xanxerê (SC). O mesmo foisolicitado por comerciantes da região que se viam necessitados de uma nova estrada que conduzisse tropeiros que vinham do Norte do país para o sul, na compra de muares (gado).
O Sr. Rocha Loires começou a explorar o local em busca de um lugar favorável para a instalação da futura estrada, e partiu de Xanxerê-SC, passando pelo município de Chapecó-SC, chegando ao Porto Goio-Ên, seguiram por Erechim já noestado do Rio Grande do Sul, chegando ao município de Passo Fundo. Já em Passo Fundo onde existe um rio que originou o nome da cidade, o Rio Passo Fundo, Rocha Loires desceu costeando o rio, até chegar a uma localidade indígena dos Kaingangs ou coroados, cujo cacique da época tinha o nome de Nonohay, que recebeu muito bem os membros da caravana.
O comandante Rocha Loires expôs ao cacique anecessidade da abertura de uma estrada no local e os índios firmaram um compromisso com o Sr. Rocha Loires de que eles se transfeririam para o oeste, deixando o local livre para a construção da estrada desde que eles fossem respeitados pelos brancos, e sairiam o mais breve possível do local, que em seguida se tornaria uma vila com o nome de Nonohay em homenagem ao cacique.
Nove anos depois, o governoestadual viu-se obrigado a criar em Nonoai uma coletoria a fim de cobrar os impostos de exportação de mulas. Isso aconteceu em 1847, e logo após começaram chegar os primeiros imigrantes vindos da Europa.
Nonoai chegou a pertencer aos municípios de Palmeira das Missões, Sarandi, até a data da sua emancipação que ocorreu em 31 de maio de 1959.
A cidade de Nonoai fica situada a 416 km da capital doestado Porto Alegre, faz divida com ao norte com o estado de Santa Catarina, ao norte com Trindade do Sul e Gramado dos Loureiros, ao Leste com Faxinalzinho e Erval Grande e a Oeste com os municípios de Rio dos Índios e Planalto.
O município de Nonoai tem aproximadamente 12.074 habitantes sendo destes 6065 residentes na parte urbana, 3009 na zona rural e 923 indígenas Kaingang.1.2 Economia

A economia do município de Nonoai gira em torno da agricultura, destacando-se principalmente o cultivo de soja, em seguida milho, trigo, além de outros como feijões.
Além da agricultura a criação de gado, suínos e aves também esta presente na região, indústrias moveleiras, esquadrias, ervateiras e laticínios como, por exemplo, o laticínio Kiformaggio, famoso em toda...
tracking img