Nnovation system at the firm level: evidence of an initiative in the brazilian telecommunications market

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 54 (13359 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Disponível em http://www.anpad.org.br/rac-e
RAC-Eletrônica, Curitiba, v. 3, n. 1, art. 10, p. 180-201, Jan./Abr. 2009

Firma: Sistema de Inovação em Nível de Firma: Evidências de uma Iniciativa no Mercado Brasileiro de Telecomunicações
Innovation System at the Firm Level: Evidence of an Initiative in the Brazilian Telecommunications Market

Rodrigo Gava * Mestre em Extensão Rural pela UFV.Professor Assistente do DAD/UFV, Viçosa/MG, Brasil. Walderson João Rodrigues Vidal Mestre em Engenharia Elétrica pela UNICAMP. Especialista Master de Engenharia do CRT e Gestor da Qualidade do CRT/Embratel, Niterói/RJ, Brasil.

* Endereço: Rodrigo Gava Rua da Passagem, 101/405, bloco A, Botafogo, Rio de Janeiro/RJ, 22290-030. E-mail: rgava@ufv.br

Copyright © 2009 RAC-Eletrônica. Todos osdireitos, inclusive de tradução, são reservados. É permitido citar parte de artigos sem autorização prévia desde que seja identificada a fonte.

Sistema de Inovação em Nível de Firma: Evidências de uma Iniciativa no Mercado Brasileiro de Telecomunicações

181

RESUMO
O artigo resulta de um estudo que procurou analisar a estrutura construída para estimular o desenvolvimento tecnológico de umaempresa de telecomunicação em dois momentos de seu ambiente competitivo, anterior e posterior à privatização na década de 1990. Se com a privatização o desenvolvimento tecnológico deixa de ser articulado pelo Estado, o que teria ocorrido depois desta? A partir dessa questão, a pesquisa se voltou para a análise da iniciativa de uma ex-empresa do Sistema Telebrás [Embratel] rumo à reestruturação desua capacidade de inovação e competição, quando cria o Centro de Referência Tecnológica [CRT] e passa a promover a interação com fornecedores de equipamentos e destes com clientes, centros de pesquisa e universidades. Um novo cenário de desafios para o acúmulo de competências tecnológicas necessário à superação da defasagem em relação às empresas líderes do setor se apresenta. Baseado ementrevistas e observações diretas, o estudo identificou uma mudança de foco: de pesquisas para inovação (fronteiras tecnológicas), comuns no Sistema Telebrás, muda-se para uma posição voltada para necessidades dos clientes, em que a amplitude das inovações se tornou cerceada pelos limites das capacidades de absorção tecnológica daqueles, diminuindo as atividades de inovação que resultassem em avançosradicais. Palavras-chave: privatização; telecomunicações; sistema de inovação tecnológica.

ABSTRACT
This paper is a result of an analysis of the strategy designed to stimulate technological development in a telecommunications company during two phases of its competitive life – both before and after the privatization of the Brazilian Telecommunications Market in the 1990s. What happens in the wake ofprivatization when this technological development is no longer regulated by the state? To address this question, the paper focuses on an analysis of Embratel (former Telebras System Company) and their initiative in creating the Technological Reference Center [TRC]. To boost the company’s innovation and competitiveness, the TRC aims to promote increased interaction between equipment suppliers andclients, research centers and universities. Acquiring such technological competency presents a new set of challenges as the company aims to close the gap between themselves and other market leaders. Using interviews and direct observation, the study identified a distinct shift in focus: away from innovative research, common in the Telebras era (working on the frontiers of technology) and towardsmeeting customers’ immediate needs. In this way, innovative work that could result in radical improvements is curtailed by a lack of understanding of this technology on the part of clients. Key words: privatization; telecommunication; technological innovation strategy.

RAC-Eletrônica, Curitiba, v. 3, n. 1, art. 10, p. 180-201, Jan./Abr. 2009

www.anpad.org.br/rac-e

Rodrigo Gava,...
tracking img