Nitrocelulose

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4462 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic] NITROCELULOSE – OS DESAFIOS DA EXPORTAÇÃO



















RESUMO:

Objetivo dessa pesquisa é analisar e compreender o desenvolvimento do comércio exterior brasileiro através da exportação de nitro-celulose que é um composto químico formado a partir da junção de linter de algodão, enxofre, celulose e álcool em suas principais características, e osdesafios de introduzir este produto cada vez mais em novos mercados em tempos de crescimento de demanda, analisando os pontos fundamentais em uma negociação e as implicações legais. O conhecimento dos componentes, agregados aos custos de produtividade considerando os aspectos de produção e os importantes da logística em geral, e fatores aliados a questões políticas e econômicas interferemdiretamente nas negociações com o mercado externo. Um estudo eficaz desses componentes extremamente importantes contribui para que as negociações sejam bem sucedidas, alavancando o desenvolvimento do país tornando-o atrativo economicamente e aumentando sua participação no cenário econômico mundial.













Palavras Chave: Comércio Exterior, Exportação e Logística.INTRODUÇÃO:

Visando proteger a indústria local e os empregos no país, o Brasil se manteve fora do mercado internacional durante muitos anos tendo apenas aberto este mercado para as primeiras negociações de compras para fins do governo, onde perdurou até o ano de 1993 quando no governo Fernando Collor de Mello, foi aberto para asprimeiras negociações privadas. Desde então o comércio exterior brasileiro tem crescido de forma rápida, com a globalização e a proximidade dos mercados.
Vazquez (2001) diz, “ a exportação é a atividade que proporciona a abertura do país para o mundo” a exportação fez com que os olhos de outras grandes potências e governos internacionais se voltassem para o comércio exteriorbrasileiro, sendo um mercado em crescimento e atrativo e desenvolve-lo faz com que se solidifique a economia nacional. Vasquez (2001) diz, “é uma forma de confrontar com os demais parceiros e, principalmente frequentar a escola de administração, já que, lidando com diferentes países, o país exportador assimila técnicas e conceitos a que não teria acesso em seu mercado interno”.
O constantecrescimento da economia brasileira é o fator que fez com que país tornasse um grande potencial investidor internacional, todavia, fatores políticos, econômicos e logísticos ainda influenciam consideravelmente em suas negociações com o mercado externo. Esses fatores elevam de forma relevante o custo Brasil, ponto determinante para sucesso de qualquer negociação.
O custo logístico do comercioexterior brasileiro determina a competitividade de uma empresa no mercado externo, diversos estudos são feitos para que esses custos tenham o menor impacto possível, pois no cenário atual as dificuldades logísticas são muitas, influenciando desde a produção até a distribuição.
É fundamental o conhecimento dos componentes agregados aos custos de produtividade, atualmente existe o estudo dadistribuição física internacional que tem como objetivo possibilitar a movimentação de uma carga entre o local de produção e o de destino com o máximo de eficiência e qualidade e o mais importante dentro desse estudo é acertar na cadeia logística ideal, considerando os aspectos da logística em geral. A distribuição física internacional como aprimoramento da logística, possibilita dentre muitasfinalidades a transformação de desvantagens ou problemas em vantagens no mercado internacional, fazendo com que a empresa ganhe em qualidade e tenha sucesso no mercado global, atendendo as solicitações de seus clientes visando maximizar o serviço logístico com o menor custo e perdas possíveis.
No Brasil, grande parte de suas importações e exportações são via marítimo, porém em sua maioria são...
tracking img