Nicolau maquiavel

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (567 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
Um grande historiador, poeta, diplomático e musico italiano do Renascimento, Nicolau Maquiavel, nascido na Itália no ano de 1949, é reconhecido como o fundador do pensamento e da ciênciapolitica moderna, pelo fato de haver escrito sobre o Estado e o governo como realmente são e não como deveriam ser. Durante o período em que viveu, Maquiavel observou atentamente as diversas disputaspoliticas deflagradas entre os diversos reinos espalhados na Itália, dando-lhe ideias pra criar vários títulos de livros.
Desenvolvimento
Na Europa com o regime absolutista em alta fez com que novospensadores viessem justificar o poder absoluto do rei com a constituição de teorias filosóficas favoráveis ao que a nobreza e a burguesia tinham que legitimar o grande poder de intervenção concedidoà autoridade monárquica. Com essa elaboração de teorias acabou tendo como resultado novas perspectivas sobre o Estado, a politica, o poder e a nação.
Ai que entra a figura de Maquiavel, que foi um dosprimeiros pensadores que refletiu sobre essa nova experiência politica. Ao observar a instabilidade gerada pelos conflitos entres reinos na Itália, começou a pensar sobre como seria possível o rei semanter no poder em meio dos mais variados aborrecimentos. Com os pensamentos gerados a partir dessa preocupação, Maquiavel escreveu um livro “O Príncipe”, um dos seus trabalhos mais notáveis sobreobras politicas.
Maquiavel abriu o seu trabalho, por meio de suas reflexões, com dois conceitos: Virtude e Fortuna. O primeiro relaciona à capacidade do governante em escolher as melhores estratégiaspara o fortalecimento de seu poder, já o segundo se dirigia aos imprevistos que poderiam diminuir o poder de ação do rei. Agora para ser um governante competente esses dois conceitos tinha que ter umcerto equilíbrio, para garantir seus interesses. Mas para isso ser possível, não poderiam ter intervenção da sociedade nem pela igreja, as decisões tinham que partir apenas da figura do rei. Tendo...
tracking img