Neuropsicologia cognitiva

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1953 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Neuropsicologia Cognitiva

Porto, Dezembro de 2012 2º Ano de Psicologia Aluna nº Apresentado a 14.12.2012

“Correlação entre espessura cortical frontal e desempenho de funções executivas em pacientes com infecção pelo Vírus da Imunodeficiência Humana”
Tania Maria Netto, Denise Vieira Greca, Rafael Ferracini, Denis B. Pereira, Bernardo Bizzo, Thomas Doring, Tadeu Kubo, Paulo R. Bahia,Rochele Paz Fonseca, Emerson L. Gasparetto
2

Algumas considerações
O córtex é dividido pelos investigadores em três categorias funcionais de regiões ou áreas:  Áreas sensoriais primárias, que recebem sinais dos nervos sensoriais e vias por meio de núcleos de transmissão do tálamo (incluem área visual do lobo occipital, a área auditiva do lobo temporal e a área somatossensorial do lobo parietal; Área motora primária, que envia axónios até aos neurónios motores no tronco cerebral e medula espinal (esta área ocupa a parte traseira do lobo frontal, directamente na frente da área somatossensorial;  Restantes partes do córtex, que são chamadas de áreas de associação. Estas recebem o input das áreas sensoriais e partes inferiores do cérebro e estão envolvidas no complexo processo que se chamade percepção, pensamento e tomada de decisão.

3

O córtex cerebral é essencialmente uma folha de tecido neural, dobrada, por forma a permitir que uma grande superfície caiba dentro dos limites do crânio. Chama-se a cada dobra cortical de sulco, e à área entre as pregas suaves de giro. A maior parte dos cérebros humanos apresentam padrões semelhantes, mas as suas variações na forma ecolocação das “dobras”, permite que cada cérebro seja único. Diferentes partes do córtex cerebral estão envolvidas em diferentes funções cognitivas e comportamentais.

4

Introdução
O vírus da imunodeficiência Humana (HIV) é um retrovírus que penetra nas células do sistema nervoso, produzindo lesões que causam prejuízos cognitivos, motores e comportamentais, podendo levar o doente à demência. Osavanços no desenvolvimento das terapias antirretrovirais, têm proporcionado a estes doentes uma maior longevidade, o que por vezes se traduz num desfavorecimento no que diz respeito às complicações neurocognitivas, que são muito mais comuns nas idades mais avançadas. Estas complicações, associadas ao envelhecimento, passa a ser um problema significativo neste tipo de doentes.

5

Têm sidoutilizadas técnicas avançadas de processamento de imagens de RMN para avaliação de pacientes com declínios cognitivos em estádios avançados, principalmente aqueles que já evoluíram para um quadro demencial. Estas técnicas visam encontrar alterações morfológicas ou funcionais em doentes que apresentam a sua RMN convencional sem alterações significativas. Estes estudos de imagens têm mostrado uma importantecorrelação com os testes neuropsicológicos, validando clinicamente as alterações encontradas.
6

Investigações com métodos de imagens em doentes com HIV, encontraram atrofia cortical importante na substância cinzenta nas áreas primária sensoriomotora, pré-motora, frontopolar, linguísticas frontal e temporal, pré-frontal e parietal, com correlações significativas entre estas duas últimas árease o desempenho nos testes neuropsicológicos aplicados. O HIV pode, também lesar de forma precoce regiões cerebrais frontoestriatais, que de modo geral, estão associadas a deficits nas funções executivas.
7

O córtex frontal apresenta uma grande relação com o processamento das funções executivas, especialmente o sistema dorsolateral pré-frontal, bem como os gânglios da base do córtex parietalposterior. A literatura tem sugerido que deficits nas funções executivas têm sido um dos comprometimentos neurocognitivos centrais neste tipo de doentes. Estas funções, abrangem vários processos cognitivos, que em conjunto controlam e monitorizam as demais funções cerebrais, para que metas comportamentais sejam alcançadas. Estas, facilitam o planeamento e a adaptação a novas situações, e...
tracking img