Nessa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1212 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Fatores de risco e preditores para o aborto
induzido: estudo de base populacional
. Enquanto mulheres de classes sociais mais privilegiadas recorrem ao aborto em
clínicas privadas com procedimentos seguros,
mulheres pertencentes a classes sociais menos
favorecidas são expostas a procedimentos inseguros 3, na maioria das vezes, realizados por
profissionais não especializados utilizando-se detécnicas perigosas que podem acarretar risco de vida ou seqüelas irreversíveis.

O aborto induzido é um sério problema de
saúde pública que ficou um longo período alijado dos debates dos diversos segmentos da
sociedade e, principalmente, das decisões políticas neste país 5. Recentemente, o debate da
legalização do aborto ganhou espaço na mídia
devido à norma do Ministério da Saúde queautoriza os médicos da rede pública a fazer
aborto em mulheres que aleguem ter engravidado por estupro, mesmo sem a apresentação
do boletim de ocorrência policial.

O ABORTO COMO CAUSA DE MORTALIDADE MATERNA: UM
PENSAR PARA O CUIDADO DE ENFERMAGEM
O aborto é um tema polêmico e um sério problema de saúde pública mundial, responsável pela manutenção das altas taxas de
mortalidade materna emmuitos países em desenvolvimento. No Brasil, por se tratar de um ato ilegal, muitas mulheres que não
desejam manter uma gestação acabam por procurar clínicas clandestinas, submetendo-se ao aborto em condições precárias, o
que acarreta graves consequências à sua saúde física e psicológica e à própria vida. Como enfermeiras, reconhecemos a
magnitude das questões que permeiam as discussões sobre oabortamento e a mortalidade materna no cenário das políticas de
saúde que envolvem a área da saúde da mulher e, dessa forma, nos propomos, com este artigo, realizar uma reflexão acerca do
aborto como causa de mortalidade materna.

A criminalização do aborto coloca as mulheres, na maioria
das vezes, nas mãos de pessoas despreparadas, para realização
de um aborto inseguro, e em condiçõesclandestinas, pondo em
risco sua própria vida. Além do mais, a clandestinidade
transforma o aborto em um negócio lucrativo, garantindo a
impunidade para aqueles que o realizam. Quem tem maior poder aquisitivo utiliza as clínicas especializadas e têm acesso
a uma assistência qualificada, enquanto quem não tem condições
financeiras busca pessoas não habilitadas e métodos abortivos
rudimentares, quepodem levar a graves complicações e à
morte.
As complicações do aborto são importantes causas de
morbidade e mortalidade das mulheres, principalmente nos
países em desenvolvimento. No entanto, sabe-se que a
incidência da morbidade relacionada com o aborto provocado
em condições precárias é alta e que tais dados são mais difíceis
de se obter do que aqueles relativos à mortalidade.

Aorealizar um aborto, a mulher guarda sua dor em silêncio
ou, no máximo, compartilha com pessoas de sua intimidade;
em geral, ela não encontra apoio nos serviços de saúde. Dar
oportunidade para que a mulher fale sobre suas emoções não
só ajuda, mas fornece subsídios para o planejamento dos
cuidados necessários e específicos. A perda mal resolvida pode
se manifestar de diferentes formas noscomportamentos
futuros, além de contribuir para a manutenção do problema
ou, quem sabe, agravá-lo.
O tratamento humanizado pelos profissionais de saúde é
imprescindível, devendo ser demonstrado por meio do respeito
à opção pelo aborto, considerando o período de internação
como oportunidade de escuta sobre os fatores psicossociais
que envolvem essa decisão e para a promoção do conhecimento
com basena troca de saberes e não de oposição.

Aborto induzido em mulheres de baixa renda — dimensão de um problema

 Adicionalmente são altas a descontinuidade e as falhas do método, resultando em gravidez não-desejada e, não raro, na indução do aborto, apesar das restrições legais.
O principal efeito dessas medidas restritivas, no entanto, é justamente exacerbar as desigualdades sócio-econômicas...
tracking img