Nervos espinhais e plexos cervical, braquial e lombossacral – lesões e bloqueios anestésicos dos plexos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 37 (9139 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE
CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE
DEPARTAMENTO DE MORFOLOGIA
DISCIPLINA: ANATOMIA HUMANA II TURMA: A2



Nervos espinhais e plexos Cervical, Braquial e Lombossacral – Lesões e Bloqueios anestésicos dos plexos




São Cristovão-SE
2012


Nervos espinhais e plexos Cervical, Braquial e Lombossacral – Lesões e Bloqueios anestésicosdos plexos

Trabalho solicitado pela disciplina Anatomia Humana II, da Universidade Federal de Sergipe, oferecida ao curso de Medicina, para cumprimento dos requisitos avaliativos.


São Cristovão-SE
2012

NERVOS ESPINHAIS

Nervos espinhais são aqueles que fazem conexão com a medula espinhal e são responsáveis pela inervação do tronco, dos membros e partes da cabeça.São ao todo31 pares de nervos que correspondem aos 31 segmentos medulares sendo 8 pares de nervos cervicais (C1 a C8), 12 pares de nervos torácicos (T1 a T12), 5 pares de nervos lombares (L1 a L5), 5 pares de nervos sacrais (S1 a S5) e 1 par coccígeo (Co).
Cada nervo espinhal é formado pela união das raízes dorsal (sensitiva) e das raízes ventral (motora), as quais se ligam, respectivamente, aos sulcoslateral posterior e aos sulcos lateral anterior da medula através de filamentos radiculares. Esse conjunto de raízes forma o chamado Tronco do nervo espinhal. As raízes ventral e dorsal unem-se imediatamente além do gânglio espinhal, que então emerge através do forame interespinhal.
* A raiz ventral emerge da superfície ventral da medula espinhal com diversas radículas ou filamentos que em geralse combinam para formar dois feixes próximos ao forame intervertebral.
* A raiz dorsal é maior que a raiz ventral em tamanho e número de radículas; estas se prendem ao longo do sulco lateral posterior da medula espinhal e unem-se para formar dois feixes que penetram no gânglio espinhal.
O tronco do nervo espinhal sai do canal vertebral pelo forame intervertebral e logo se divide em um ramodorsal e um ramo ventral, ambos mistos.
- Ramos Dorsal dos nervos espinhais:
* Geralmente menores do que os ventrais e direcionados posteriormente, inervando os músculos e a pele da região dorsal do tronco, da nuca e da região occipital.
- Ramos Ventral dos nervos espinhais:
* Inervam os membros e as faces ântero-laterais do tronco. O cervical, o lombar e o sacral unem-se perto de suasorigens para formar plexos.
RESUMINDO: O trajeto dos nervos pode ser:
* Superficial = predominantemente sensitivo
* Profundo = predominantemente motor

TERMINAÇÕES NERVOSAS SENSITIVAS

As terminações nervosas podem ser divididas em dois tipos: sensitivas ou aferentes e motoras ou eferentes. As terminações sensitivas (receptoras) são estimuladas dando origem ao impulso nervoso queé levado para o Sistema Nervoso. Esse impulso, então, é interpretado e enviado para os órgãos efetuadores, músculos ou glândulas, através das terminações motoras (efetuadoras).
- Classificação morfológica dos receptores sensitivos:
A classificação morfológica distingue-se em dois grandes grupos: os receptores especiais (relacionados com os órgãos do sentido localizados na cabeça) e os receptoresgerais (ocorre em todo corpo, principalmente na pele, e pode ser dividido em dois tipos: receptores livres e os receptores encapsulado). Por estarem localizados em todo o corpo, atentemos a esse ultimo.
* RECEPTORES LIVRES: São os mais frequentes, ao se transformarem em terminações livres perderam a bainha de mielina. Responsáveis pela sensibilidade térmica e dolorosa além das funções detato.
* RECEPTORES ENCAPSULADOS: Intensa ramificação do axônio no interior de uma cápsula conjuntiva.
* Corpúsculos de Meissner e Corpúsculos de Ruffini: receptores de tato e pressão nas papilas dérmicas.
* Corpúsculos de Vater-Paccini: sensibilidade vibratória (estímulos mecânicos rápidos e repetitivos).
* Fusos Neuromusculares: nos ventres dos músculos estriados esqueléticos e é...
tracking img