Neoliberalismo e qualidade total

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (270 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Neoliberalismo e Qualidade Total
O neoliberalismo trouxe uma nova forma de se ver a qualidade educacional associando-a aos princípios mercadológicos de produtividade erentabilidade, introduzindo nas escolas a lógica da concorrência. Esse raciocínio baseia-se na crença de que quanto mais termos "produtivos" se aplicam à educação, mais "produtivo" se torna osistema educacional ( Gentili, 1994).
A concorrência no mercado trouxe a algumas escolas uma mudança nas suas relações, transformando quem ensina num prestador de serviço, quemaprende no cliente, e a educação num produto a ser produzido com alta ou baixa qualidade.
Além das mudanças nas relações escolares essa lógica de mercado agravou a desigualdade naeducação, pois seguindo a regra do mercado a conquista da qualidade requer recursos, o que inviabiliza a concorrência da educação pública no mercado e reforça o discurso privativistade entregar a educação às escolas particulares pelo sistema de subvenção. A exemplo disso a experiência Chilena, incorporou o sistema de bolsas subvencionadas pelo Estado, queexpressa o êxito das políticas neoliberais no campo da educação.
Atualmente no Brasil a campanha privativista, ganha um reforço silencioso através dos sistemas de avaliação de ensino quepretendem provar a ineficiência do ensino, instigando a concorrência entre as escolas como uma forma sadia de superação das dificuldades.
O sistema de "Provão" no ensino superiorcarrega o mesmo princípio, de gerar concorrência e estabelecer um "Ranking" das instituições mais produtivas.
A lógica de privatização e de subvenção, carrega um carátermeritocrático que só contribui para o aumento das diferenças na escola, a mercantilização da educação só irá agravar a situação daqueles que já se encontram excluídos.

juliana pereira
tracking img