Neocolonialismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1066 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de dezembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto

O espaço geográfico é o resultado da ação antrópica sobre o espaço natural, ou seja, é o resultado da produção do homem, sendo o momento histórico o principal influenciador da construção do espaço geográfico. Iniciada na segunda metade do século XVIII, passaram a ocorrer grandes mudanças na Europaem relação sociedade-natureza. Com a Revolução Industrial as fábricas começaram a determinar a organização do espaço geográfico local e mundial, vindo a modificar as paisagens, juntamente com o desenvolvimento da máquina a vapor, do transporte ferroviário e do tear.
Na Segunda Revolução Industrial, no século XIX, o progresso tecnológico e econômicoganhou força com a obtenção crescente de barcos a vapor, navios, ferrovias, fabricação em grandes quantidades de máquinas e o aumento do uso de fábricas que utilizavam a energia a vapor. Tal fatores levou a uma produção em larga escala, e as potências europeias decorrente desse processo, para apropriar das matérias-primas e de consumidores de outras áreas continentais, inicia o processo deNeocolonialismo, ou seja, o compartilhamento das terras da África e Ásia entre elas, causando modificações em relação a geografia mundial.

Há várias razões que levaram os EUA a tornar uma potência econômica na última década do século XIX.
A imigração nesse período foi muito intensa, vinda principalmente da Alemanha, Irlanda e Inglaterra, sendo que os motivos para esse deslocamento está relacionadocom as dificuldades financeiras pelas quais a população europeia passava, devido à concentração fundiária e à mecanização industrial nas cidades. Tal processo elevou o crescimento demográfico, provocando assim a necessidade de ocupar terras a Oeste (A marcha para Oeste), formando uma sociedade essencialmente agrária, constituída por enormes latifúndios exportadores na região Sudeste e na regiãoNordeste constituída por granjas.
A pecuária, a partir da segunda metade do século XIX, chegou a ocupar um quarto do território americano. A descoberta de ouro na Califórnia, provocou uma corrida em busca por “enriquecimento fácil”, estimulando o deslocamento populacional.
A quantidade de quilômetros de linha nos Estados Unidos era maior que a soma de todos os países europeus, reduzindo o custo.Na primeira metade do século XIX ocorreu a primeira fase do processo de industrialização norte-norte, sobretudo na região da Nova Inglaterra. Esses e outros fatores contribuíram para fortalecer o desenvolvimento dos EUA em ambos os aspectos, tornando-o uma potência econômica.

Como consequência do processo de Neocolonialismo, as terras da África e da Ásia foram compartilhadas entre as potênciasEuropeias, gerando grande desentendimento entre as nações. Inglaterra e França ficaram com um território maior para a exploração de recursos em comparação ao território da Itália e da Alemanha. Tal descontentamento ítalo-germânico permaneceu até o começo do século XX e foi um dos motivos da Primeira Guerra Mundial.
No final do século XIX e começo do século XX, as nações europeias passaram ainvestir fortemente na fabricação de armamentos, aumentando as tensões e a sensação de insegurança.
A concorrência econômica entre os países Europeus decorrentes da produção em larga escala provocada pela Revolução Industrial, acirrou a disputa por mercados consumidores e matérias-primas, fazendo que o interesse nas terras da África e Ásia ficasse ainda maior.

A Rússia no começo do século XX era umpaís de economia atrasada e dependente da agricultura, pois mais de 75% de sua economia estava concentrada no campo, com a produção de gêneros agrícolas. Os trabalhadores rurais dessa época viviam em extrema pobreza e miséria, tendo que pagar altos impostos para manter a base do sistema czarista de Nicolau II.
Rússia era governada de forma absolutista, ou seja, os poderes eram concentrados...
tracking img