Nenhum

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1105 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Definições de Filosofia:
E o estudo dos problemas fundamentais relacionados a existência, ao conhecimento, a verdade, aos valores morais, estéticos, à mente e a linguagem.
Tem origem de uma palavra grega que significa “ amor ao conhecimento”.
A filosofia foca nas questões da existência humana , porem diferentemente da religião, não e baseada na relaço divina ou na fé e sim na razão.
É umaanalise racional do do significado da existência humana, individual e coletiva, tendo como base a compreensão do ser.
Ela esta dividida em vários ramos do conhecimento.

CONHECIMENTO
Para Platão( séc IV a.C) o conhecimento é aquilo que é necessariamente verdadeiro,diferente de opinião que e apenas um “achar”, não se tem total confiança sobre a verdade do conhecimento.
Platão fez uma distinçao entreesses dois níveis do saber, afirmando que somente através da razão conseguimos atingir o conhecimento.
Para ele nossas emoções podem nos enganar, deixando-nos assim longe do verdadeiro conhecimento.
Ele afirma que o homem deve sair do mundo sensível para o inteligível, abandonar pré-juizos, pré concepções, seus pontos de vistas distorcidos e opiniões irrefletidas( que tem ação no primeiro impulso,sem relfexao previa), ai sim começar a escala rumo as idéias.
SENSO COMUM
Corresponde a um dos niveis do conhecimento.
E o conhecimentos que temos das coisas que nos rodeiam no nosso dia a dia, varia de acordo com os costumes e locais de onde vive o cidadão.
Apesar dos benefícios desse tipo de conhecimento, de permitir manejar as coisas e resolver problemas prementes ( urgentes) e imediatos, ele sópermite captar o” mundo de aparência”, e não o” mundo real”.
Quando se fica apenas com o conhecimento das aparência( censo comum), o conhecimento será sempre imperfeito e imcompleto.
O censo comum parte de analogias, mesmo que não tenha lógica na maioria das vezes,não deseja o conhecimento universal valido, nem atingira a realidade profunda das coisas.
SENSO FILOSOFICO

É o senso ou pensamentocritico, da mais alta ordem, questionador das mais diversas suposições.
Uma das formas de decidir quando uma suposição e totalmente ou parcialmente verdadeira ou falsa.
Ele e uma importante ferramenta dentro de varias profissões, e constitue a base do pensamento cientifico.
Faz parte do processo de educação e tende a aumentar conforme o individuo vai progredindo da educação formal para a faculdade.O pensamento critico clarifica objetivos, examina suposições, discerne valores ocultos, avalias evidencias,alcança méritos e acessa conclusões.
De um modo geral o senso critico e imprescindível para a resolução dos problemas da vida.
JUSNATURALISMO
Do latim ius naturalis, ou o mesmo que direito natural, procura distinguir por meio da razão pratica, o que seria razoável ou não, diante de certoscostumes, etc.
Os Estóicos afirmavam a existência de uma ordem racional e propositada para o universo, e o modo como o individuo vivia em conformidade com esta ordem, era o direito natural, que induzia as ações em conformidade com a virtude.
Os juristas romanos foram fortemente influenciados por essas teorias, que desempenharam um importante papel no futuro da teoria do direito.
Varias foram asdiscussões sobre esse tema,na época do cristianismo A.J Carlyle, comentou a passagem do apostolo Paulo em sua epistola aos romanos 2:14-15, afirmando que não havia duvidas de que as palavras de Paulo implicavam em uma analogia a “ lei natural” de Cícero.
No século XVII Thomas Hobbes, baseando se em algo que todos concordam, que todos procuram a felicidade, e todos temem a morte violenta nas mãos deoutrem, afirma que o direito natural seria a forma pela qual o ser humano racional agiria.
Em sua opinião Hobbes afirma que o direito natural so iria prevalecer por meio da submissão de todos às ordens do soberano.
Hobbes também defendia a criação do direito positivo ,pois o homem iria fazer o que fosse necessário para garantir sua vida, usando tudo o que o juízo e a razão considerassem como meios...
tracking img