Negro no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1809 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A EDUCAÇÃO DO NEGRO NO BRASIL


Reforçamos que um dos aspectos relevantes que nos traz a Lei 10.639/03 é o do restabelecimento do diálogo, rompendo-se o monólogo até então único valor civilizatório. A lei, portanto, rompe com a idéia de subordinação racial no campo das idéias e das práticas educacionais, e propõe conceituar,pela escola, o negro, seus valores e as relações raciais naeducação e na sociedadebrasileira.
Alexandre Nascimento resgata, por dentro e por fora, em seu “Negritude e cidadania: o movimento dos cursos pré-vestibulares populares”, a história do Pré-vestibular para Negros e Carentes (PVNC), organização da qual é um dos fundadores, e que tem sido tema de suas pesquisas de mestrado e doutorado. O PVNC se organiza para preparar e fortalecer as possibilidades deaprovação nos vestibulares dos jovens negros e oriundos das camadas populares embora, segundo ele, esse objetivo por vezes se amplie e extrapole.
Maria Alice Rezende apresenta: A politica de cotas para negros na Universidade do Estado do Rio de Janeiro”. A autora inicia partir dos anos de 1990. Em seguida trata da implantação das cotas na UERJ,amparada por legislação estadual entre 2000 e 2003.Discute a metodologiade seleção dos estudantes, os critérios para os candidatos e o sistema declassificação da cor adotado pela Universidade. Conclui que o debate sobreas cotas reacende o tema da democratização de acesso ao ensino superior,assinalando que as vagas oferecidas pelas universidades não atendem as demandas de todos os setores da sociedade, especialmente daqueles que estão sub-representados,como é o caso dos negros.

O sistema de cotas para negros em universidades

Algumas universidades brasileiras estão se aventurando em um novo programa: o de cotas para negros. Trata-se de uma iniciativa de garantir alguma porcentagem de vagas dessas universidades para estudantes negros, com o objetivo de pagar uma dívida histórica com esta minoria étnica. No entanto, precisamos esclarecercertas coisas acerca do programa, gerado uma serie apesar de se tratar de uma nobre iniciativa de grandes controvérsias.A decisão de se adotar o sistema de cotas para negros em universidades no Brasil é muito séria, e a questão se torna ainda mais grave quando paramos para analisar como ele está sendo realizado em nosso país. Em primeiro lugar, existe uma grande confusão no que diz respeito adefinir quem é e quem não é negro. Falo isso porque há muitas pessoas alegando ser sua cor negra somente no momento de inscrição dos processos seletivos das universidades, negando a raça em outras ocasiões, ou seja, muitos candidatos estão tentando obter vantagem na prova de vestibular. Mas este não é o ponto principal, mas a falta de organização e de critérios claros de diferenciação das raças.Daí surge mais um problema do nobre projeto: o estabelecimento de diferenças entre raças. Trata-se da mais escancarada discriminação de que tenho ouvido falar nos últimos tempos, pois o programa acaba, mesmo não sendo este um fim, mas uma consequência , colocando o negro como inferior em sua capacidade. É evidente que sabemos que isto não é verdade.
Com o programa de reserva de cotas para negrosdemos um grande passo e isto não pode ser negado. A sociedade brasileira finalmente assumiu a inegável existência da exclusão racial em nosso país. É verdade que temos uma dívida histórica com a comunidade negra, afinal foram séculos de escravidão, fato que acabou colocando os negros numa posição muito aquém das demais raças dentro da estrutura da sociedade atual. Daí percebe-se que o preconceitorealmente existe.
É bem verdade também um argumento que é muito utilizado pelos defensores do sistema de cotas para negros, aquela velha pergunta da qual não podemos escapar: quantos negros médicos você conhece? Ou então, qual é mesmo a proporção de brancos e negros no congresso nacional? E estes são apenas alguns exemplos. Para muitos é difícil admitir esse tipo de coisa, até porque acaba...
tracking img