Nefrologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1467 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
DPA - Diálise Peritoneal Automática
Como a descrita anteriormente quanto a indicações, com a vantagem de permitir ao paciente maior independência do método, pois a maior parte das trocas é feita por máquina e no período noturno. Dispensa o cuidador ou responsável por trocas de bolsas.


Antes de se deitar,
prepare a cicladora e conecte-se

A cicladora efectua as trocas automaticamentedurante o sono (8 a 10 horas)

De manhã desconecta-se da cicladora e deita fora o sistema de diálise




Cicladora
Este é um tipo de tratamento, depois de aconselhado pelo médico assistente, que o Insuficiente Renal Crónico, pode realizar em casa, durante a noite.
A Máquina (silenciosa), procede à troca dos líquidos, chamando porém à atenção para qualquer alteração. Esta máquina podeser programada consoante as necessidades de trocas de banho de cada doente.
A DPA é, segundo informações de Insuficientes Renais que a utilizam, um método através do qual se sentem libertos e considerando-o assim um dos tratamentos ideais.
QUAIS AS COMPLICAÇÕES ?

A infecção do peritóneo é a principal complicação na diálise peritoneal.
O inicio da infecção normalmente acontece no orifício peloqual o catéter sai do corpo.
Se esta não for tratada rápida e correctamente pode espalhar-se e infectar o peritóneo, determinando assim uma peritonite.
Deverá estar alerta para um dos primeiros sinais que são a cor e aspecto do líquido drenado que deverá ser claro e fluído. Com a peritonite, torna-se turvo e espesso, entre outras.
FALE DOS PROBLEMAS SEMPRE COM O SEU MÉDICO.

É importantesempre não esquecer que ao primeiro sinal obrigatoriamente deverá falar com o seu médico . Não esquecer os exames mensalmente para verificar os valores de ureia, potássio, cálcio, fósforo, glicose (açúcar) e ainda anemia ou outras infecções por bactérias ou vírus, entre outros.
A Hemodiálise, a DPA e outros, podem ser substitutos da nossa função renal. Não esqueça, no entanto, os exames regulares,uma vez que eles são o indicador do seu esta




CAPD - Diálise peritoneal ambulatorial contínua
A Diálise Peritoneal Ambulatorial Contínua, também chamada de CAPD ou DPAC, é o tipo mais comum de diálise peritoneal. É uma outra opção, sendo boa para pacientes idosos, crianças cardiopatas, pacientes com dificuldade de locomoção, instabilidade hemodinâmica,pacientes que avaliam este método como tratamento de escolha ou aqueles para os quais a hemodiálise não se mostrou conveniente ou possível. Esse jeito de fazer diálise não precisa de máquina. Geralmente, é realizado em casa, em local limpo e bem iluminado.
A intenção é retirar o excesso de água e as substâncias que não são mais aproveitadas pelo corpo e que deveriam ser jogadas fora pela urina.TRATAMENTO

Para este tipo de tratamento, como atrás se referiu e a figura o mostra, é necessário a colocação no abdómen de um catéter , que tem por função ligar as bolsas plásticas flexíveis, descartáveis, constando de uma bolsa com a solução de Diálise e outra vazia
O próprio paciente pode fazer a colocação (infusão) e a retirada (drenagem) do líquido (solução) de diálise no abdômen ou serajudado por alguém treinado.

Durante a CAPD, o sangue é filtrado o tempo todo. A solução de diálise sai de um frasco de plástico por um tubo (cateter) e vai até o interior da barriga (a cavidade abdominal). Lá, ela fica várias horas. Depois, é drenada. Então, uma nova solução volta para o abdômen, recomençando o processo de filtração.

Hemodiálise
Nahemodiálise, é usada uma membrana dialisadora, formada por um conjunto de tubos finos, chamados de filtros capilares.
Para realizar a hemodiálise, é necessário fazer passar o sangue pelo filtro capilar. Para isso, é fundamental ter um vaso resistente e suficientemente acessível que permita ser puncionado três vezes por semana com agulhas especiais.
O vaso sangüíneo com essas características é obtido...
tracking img