Necrose

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 54 (13278 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade de São Paulo Faculdade de Saúde Pública

VOLUME 32 NÚMERO 4 JUNHO 1998 p. 299-316

Revista de Saúde Pública
J O U R N A L O F P U B L I C H E A L T H

Artigo Especial

Saúde coletiva: uma “nova saúde pública” ou campo aberto a novos paradigmas?
Collective health: a “new public health” or field open to new paradigms?

Jairnilson S. Paim e Naomar de Almeida FilhoInstituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia. Salvador, BA - Brasil

PAIN, Jairnilson S. e Naomar de Almeida Filho, Saúde coletiva: uma “nova saúde pública” ou campo aberto a novos paradigmas? Rev. Saúde Pública, 32 (4): 299-316, 1998

© Copyright Faculdade de Saúde Pública da USP. Proibida a reprodução mesmo que parcial sem a devida autorização do Editor Científico. Proibida autilização de matérias para fins comerciais. All rights reserved.

32

Special Article

Rev. Saúde Pública, 32 (4): 299-316, 1998

299

Artigo Especial

Special Article

Saúde coletiva: uma “nova saúde pública” ou campo aberto a novos paradigmas?
Collective health: a “new public health” or field open to new paradigms?
Jairnilson S. Paim e Naomar de Almeida Filho
Instituto de SaúdeColetiva da Universidade Federal da Bahia. Salvador, BA - Brasil

Resumo Trata-se de ensaio que apresenta um estudo exploratório da retórica paradigmática da saúde com o objetivo de analisar os principais elementos de discurso dos movimentos ideológicos que historicamente construíram o campo social da saúde, particularmente na segunda metade do século XX. São destacados os esforços empreendidos pelaOrganização Panamericana da Saúde para debater a teoria e a prática da saúde pública na região das Américas cotejando-os com as demandas emergentes no contexto econômico, político e social dos países latino-americanos. Neste particular, destaca-se a necessidade de construir uma agenda política comum, a partir da confluência de três temáticas - reforma setorial, “Renovação da Saúde para Todos”(RSPT) e “nova saúde pública”, contemplando os planos doutrinário, conceitual, metodológico e operativo. Apresenta-se uma breve sistematização do marco conceitual da saúde coletiva, em elaboração na América Latina, situando mais particularmente as suas potencialidades de construção de um conhecimento transdisciplinar. Conclui-se que, apesar de em si não constituir um paradigma, a saúde coletiva,enquanto movimento ideológico comprometido com a transformação social, apresenta possibilidades de articulação com novos paradigmas científicos capazes de abordar o objeto saúde-doença-cuidado respeitando sua historicidade e integralidade. Saúde pública, tendências. Medicina social.

Correspondência para/Correspondence to: Jairnilson S. Paim - Rua Padre Feijó, 29 – 4º andar - Canela - 40210-270Salvador, BA - Brasil. E-mail: jairnil@ufba.br Recebido em 23.1.1998. Reapresentado em 23.4.1998. Aprovado em 14.5.1998.

300

Rev. Saúde Pública, 32 (4), 1998

Saúde coletiva Paim, J.S. & Almeida Filho, N.

Abstract
The present essay is an exploratory study of the historical and institutional background of the so-called “crisis in public health”, aimed at identifying the new trends andperspectives for the paradigmatic transforma tion of the health field in the context of the current international panorama of economic and cultural globalization. First, the rhetoric of health is analysed in historical perspective, briefly considering the main elements of the discourse of the ideological mov ements that historically built the social field of health. Medical Police, Social Medicine andPublic Health are included as representative of such movements in 19 th century Western Europe. After the Flexnerian turn, these movements were followed by Preventive Medicine, Community Health, Primary Health Care and Health Promotion, which dominated the scene particularly in the second half of the 20 th century. The authors also summarise recent concerted PAHO efforts to debate the theory...
tracking img