Nbr 9800

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1353 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Cópia não autorizada

ABR 1987

ABNT-Associação
Brasileira de
Normas Técnicas

NBR 9800

Critérios para lançamento de efluentes
líquidos industriais no sistema coletor
público de esgoto sanitário

Sede:
Rio de Janeiro
Av. Treze de Maio, 13 - 28º andar
CEP 20003-900 - Caixa Postal 1680
Rio de Janeiro - RJ
Tel.: PABX (021) 210 -3122
Telex: (021) 34333 ABNT - BR
Endereço Telegráfico:
NORMATÉCNICAProcedimento

Copyright © 1987,
ABNT–Associação Brasileira
de Normas Técnicas
Printed in Brazil/
Impresso no Brasil
Todos os direitos reservados

Origem: ABNT - 02:009.59-092/1986
CB-02 - Comitê Brasileiro de Construção Civil
CE-02:009.59 - Comissão de Estudo de Despejos Industriais em Rede Pública
de Esgotos Sanitários
NBR 9800 - Criteria for disposal of industrial liquid effluents in sanitarysewerage
public collector system - Procedure
Descriptors: Effluent. Collector system. Sanitary sewerage
Palavras-chave: Efluente. Sistema coletor. Esgoto sanitário

3 páginas

1 Objetivo

2.4 Águas pluviais poluídas

Esta Norma estabelece critérios para o lançamento de
efluentes líquidos industriais no sistema coletor público
do esgoto sanitário.

Águas pluviais provenientes de áreas de estocagem oude transbordo, sujeitas à poluição por produtos utilizados
ou produzidos no estabelecimento industrial.

2 Definições

2.5 Esgoto doméstico

Para os efeitos desta Norma são adotadas as definições
de 2.1 a 2.14.

Despejo líquido resultante do uso da água pelo homem
em seus hábitos higiênicos e atividades fisiológicas.
2.6 Esgoto sanitário

2.1 Efluente líquido industrial
Despejo líquido provenientedo estabelecimento industrial, compreendendo efluentes de processo industrial,
águas de refrigeração poluídas, águas pluviais poluídas
e esgoto doméstico.
2.2 Efluentes de processo industrial
Despejos líquidos provenientes das áreas de processamento industrial, incluindo os originados nos processos de produção, as águas de lavagem de operação de
limpeza e outras fontes, que comprovadamenteapresentem poluição por produtos utilizados ou produzidos
no estabelecimento industrial.

Despejo líquido constituído de esgoto doméstico e industrial, água de infiltração e a parcela de contribuição pluvial
parasitária julgada conveniente.
2.7 Coletor de efluentes líquidos industriais
Tubulação pertencente ao estabelecimento industrial, que
recebe contribuição de efluentes líquidos industriais emqualquer ponto ao longo de seu comprimento.
2.8 Coletor público
Tubulação pertencente ao sistema coletor público de esgoto sanitário e destinada a receber e conduzir os efluentes das ligações prediais.

2.3 Águas de refrigeração poluídas

2.9 Sistema coletor público

Águas resultantes de processos de resfriamento que
comprovadamente apresentem contaminação por produtos utilizados ou produzidos noestabelecimento industrial.

Conjunto constituído pela rede coletora de esgoto, coletores-tronco, interceptores, emissários e órgãos acessórios.

Cópia não autorizada

NBR 9800/1987

2

2.10 Ligação predial
Trecho compreendido entre o limite do terreno do estabelecimento industrial e o coletor público de esgotos.
2.11 Poço de visita (PV)
Câmara visitável através de abertura existente em sua
partesuperior destinada à reunião de dois ou mais trechos
de coletor e a execução de trabalhos de manutenção.
2.12 Tubo de inspeção e limpeza (TIL)
Dispositivo não visitável que permite a inspeção e a introdução de equipamentos de limpeza.
2.13 Órgão controlador
Entidade responsável pelo controle de poluição e preservação ambiental.
2.14 Órgão operador
Entidade responsável pela operação do sistema públicode esgoto sanitário.

3 Condições gerais
3.1 Águas pluviais e de refrigeração não devem ser lançadas no sistema coletor público. A incorporação de águas
pluviais poluídas e águas de refrigeração poluídas pode
ser feita mediante autorização expressa dos órgãos controlador e operador, através do estabelecimento de condições específicas para tal.
3.2 A coleta dos diversos componentes dos efluentes...
tracking img