Natureza e cultura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1491 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
E.E PROFº PAUL HUGON
SOCIOLOGIA

NATUREZA E CULTURA

SÃO PAULO
2012
SUMARIO

INTRODUÇÃO

1. QUESTIONARIO
1.1. Faça a distinção entre ação instintiva e a ação inteligente.
1.2. Em que sentido a diversidade cultural é um fato?
1.3. Como é possível em uma dada cultura, conciliar tradição e ruptura?
1.4. Leia com atenção o fragmento de Maurice Merleau-Ponty...
1.5. Segundo o Juristae filósofo Norberto Bobbio...
1.5.1. Porque só a democracia permitiria “Revoluções Silenciosas”?
1.5.2. Você concorda que a mudança na relação de gêneros “talvez seja a maior revolução de nossos tempos”? Explique.
1.6. O Antropólogo Roberto da Matta foi fazer uma pesquisa em uma tribo indígena...
1.6.1. Como a fala do índio demonstra que o conceito de cultura vai além do sentido comum que secostuma atribuir a “pessoa culta”.
1.6.2. Existe cultura superior e culta inferior? Justifique sua resposta.

2. INFORMAÇÕES EXTRAS
2.1. Maurice Merleau-Ponty
2.2. Norberto Bobbio
2.3. Roberto Augusto DaMatta

REFERENCIAS BIBLIOGRAFICAS

Introdução

NATUREZA E CULTURA

Devido à capacidade do ser humano de perceber, pensar, avaliar, agir e de acumular experiências criou se a cultura,um conjunto de conhecimentos e valores. Ela é compartilhada e esta sempre em constante mutação.
Os outros animais que vivem na natureza, estes por sua vez não criam cultura, vivem de acordo com seus instintos que é um ato “cego” onde é ignorada a finalidade da própria ação. Preocupados apenas a problemas relacionados os momento presente.

1. Questionário

2.1. Faça a distinção entreação instintiva e a ação inteligente.
R: A ação instintiva e é algo que nasce com o indivíduo e que foge de seu controle e de sua vontade racional, ignorando de certa forma a finalidade da ação. Podemos ver isso claramente nos animais, como nos gatos, que possuem um instinto de caça muito aguçado, isto não foi ensinado a eles, mas eles o fazem muito bem.

Ao contrario da ação instintiva a açãointeligente é uma escolha, um ato voluntario, dada certa situação podemos resolver de diversas maneiras, seja ela criativa ou improvisada.

2.2. Em que sentido a diversidade cultural é um fato?
R: A diversidade cultural por si só já é um fato, são as diferenças culturais que existem entre as pessoas, seus costumes, suas danças, seu modo de se vestir, tradições, o modo como se relacionamcomo o meio ambiente, tudo isso é diversidade cultural.

2.3. Como é possível em uma dada cultura, conciliar tradição e ruptura?
Tradição: Conjunto de costumes e crenças praticados por nossos antepassados e transmitidos de geração em geração.
Ruptura: Ato ou efeito de romper; rompimento, interrupção.

R: Não acho que seja possível conciliar tradição e ruptura, tradição vem de nossosantepassados e no momento que ela é interrompida se torna uma nova cultura deixando de ser tradição.

2.4. Leia com atenção o fragmento de Maurice Merleau-Ponty:
“É impossível sobrepor, no homem, uma primeira camada de comportamentos que chamaríamos de naturais e um mundo cultural ou espiritual fabricado. No homem tudo é natural e tudo é fabricado, como se quiser, no sentido que não há umasó palavra, uma só conduta que não deva algo ao ser simplesmente biológico e que ao mesmo tempo não se furte a simplicidade da vida animal.”

Agora explique o que significa dizer que para o ser humano “tudo é natural e tudo é fabricado.”, em seguida de exemplos.
R: Por mais que tentamos agir naturalmente, estamos condicionados a agir de acordo com a nossa sociedade, somos fabricados no sentidode que seguimos ideias alheias, como religião, gostos musicais, vestimentas, etc.

2.5. Segundo o Jurista e filósofo Norberto Bobbio, “apenas a democracia permite a formação e a expansão das revoluções silenciosas, como foi, por exemplo, nestas ultimas décadas a transformação das relações entre os sexos - que talvez veja a maior revolução dos nossos tempos”.

Agora Responda:...
tracking img