Narrativa juridica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (378 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CASO CONCRETO
Famílias velam corpos trocados em hospital estadual de Saracuruna
O Globo, 21 de abril de 2009, p. 16.
Francisca Constantina de Souza, de 49 anos, e Helena dos Santos, de 51 anos,morreram, no último domingo, no Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, Caxias.
Comunicadas, as duas famílias prepararam os enterros. Mas os corpos foram trocados. Na funerária, emItaguaí, Daniele Moura, de 25 anos, descobriu que a mulher que estava no caixão
não era sua mãe, Francisca. No Cemitério de Queimados, a família Santos velava Francisca acreditando se tratar de Helena.Apenas no início da tarde de ontem, o filho de Helena, Elias Santos, de 30 anos, soube da reclamação da família de Francisca. Ele já estava desconfiado. De acordo com os amigos, Helena
era evangélica enão pintava as unhas ou fazia as sobrancelhas.
- É uma verdadeira bagunça - disse Elias.
Uma foto do corpo de Francisca, enviada por celular para a família dela, acabou com a dúvida. A filha Danielelamentou o absurdo da situação:
- Outras pessoas estão fazendo o velório da minha mãe. Olhem o que fizeram com as nossas famílias.
Helena, mãe de cinco filhos, que foi atropelada, foi levada para oHospital de Saracuruna e morreu no domingo. Francisca foi internada no dia 28 de março com aneurisma cerebral. Também
na manhã de domingo, o hospital avisou a família sobre sua morte. O engenheiroquímico Daniel de Moura Barbosa, de 54 anos, ex -marido de Francisca, reconheceu o corpo, mas disse ter
sido pressionado por funcionários do hospital a dizer que se tratava da ex -mulher.
Segundo oadvogado Ricardo Felipe Meira de Carvalho, a família de Francisca vai denunciar o fato ao Ministério Público e mover uma ação por danos morais e materiais contra o estado.
Questão 1
Considere queinformações juridicamente importantes são aquelas que precisam constar na narrativa da peça porque a lei, a doutrina e/ou a jurisprudência consideram essas informações
como importantes.
Assim,...
tracking img