Narrativa africana

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 387 (96687 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
DIÁLOGO
SÉRIE CONVERGÊNCIA

A NARRATIVA AFRICANA DE EXPRESSÃO ORAL
(Transcrita em português)

A NARRATIVA AFRICANA DE EXPRESSÃO ORAL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

1989

ROSÁRIO, Lourenço Joaquim da Costa A Narrativa Africana de expressão oral: transcrita em português / Lourenço Joaquim da Costa Rosário. Lisboa: Instituto de Cultura e Língua Portuguesa; Luanda: Angolê, 1989. 368 pp.; 16,5x 24 cm (Diálogo: convergência) Cultura ― Expressão oral ― Línguas africanas ― Literatura ― África

Título
A NARRATIVA AFRICANA DE EXPRESSÃO ORAL

____________________________________________________________

___________________ 1.ª edição, 1989 ____________________________________________________________

___________________ _______________________________________________________________________________ © Instituto de Cultura e Língua Portuguesa / Angolê-Artes e Letras Praça do Príncipe Real, 14-1.º ― 1200 LISBOA (Portugal) Angolê ― Secretaria de Estudo da Cultura de Angola ― LUANDA (Angola) Direitos de tradução, reprodução e adaptação reservados para todos os países ____________________________________________________________

___________________ Capa: Aguarela de InácioMatsinhe Arranjo gráfico: Maria Fernanda Carvalho ____________________________________________________________

___________________ Tiragem 3000 exemplares ____________________________________________________________

___________________ Composição e Impressão Tipografia Minerva do Comércio Travessa da Oliveira à Estrela, 10 ― 1200 Lisboa____________________________________________________________

___________________
Depósito legal n.º 22 913/88

INSTITUTO DE CULTURA E LÍNGUA PORTUGUESA (PORTUGAL) ANGOLÊ-ARTES E LETRAS (ANGOLA)

Aos meus Pais À Alzira Aos meus Filhos, Nuno, Sara Verónica e Carmeliza

A VALORIZAÇÃO DA CULTURA E DA LITERATURA AFRICANAS Escrever e editar estudos sobre a literatura africana é navegação em rio caudaloso, tão arriscada como sedutora. Arriscada,porque os preconceitos e escolhos são múltiplos, quer na delimitação dos territórios oral e escrito, quer na opção a fazer entre os diversos métodos de abordagem, classificação de géneros e narrativas, tradução para sistemas linguísticos e culturais muito diferentes do original; sedutora, porque novas e maravilhosas paragens se descobrem na revelação do imaginário africano e no alargamento dasfronteiras teóricas da literatura e da cultura ainda demasiado indo-europeias e ocidentais para realizarem a indispensável função de descreverem e proporem uma ética e uma estética universais. Felizmente, para o conhecimento dos rios culturais dos países africanos lusófonos, novos e valiosos contributos vão surgindo desde há anos, continuando o trabalho dos pioneiros como Cadornega ou CarlosEstermann que transmitiram às culturas ocidentais informações desenvolvidas tanto sobre a história dos povos de África como sobre as suas lendas e mitos. Contributos que no domínio da historiografia e do ensaísmo literário são tanto mais dignos de apreço quanto mais independentes das interpretações religiosas, ideológicas e políticas que até há pouco as condicionaram demasiado. Que o digam as diversas econtraditórias leituras críticas do luso-tropicalismo e da negritude. A literatura africana, como o demonstram os estudos recentes, normalmente de proveniência universitária, merece ser encarada e aprofundada segundo os critérios vigentes no resto do mundo cultural e literário. Só essa é atitude de maturidade, pois nela, desde o entendimento do que é uma literatura nacional até à inventariação dosseus valores, correntes, periodologia, escolas, arrolamento e valoração dos escritores, tudo releva da autonomia própria da

república das letras que também não gosta de ser colonizada por outros saberes. Em consequência, tanto se devem evidenciar os valores ancestrais anteriores a qualquer colonização, como os provenientes ou subsequentes, pois todos são importantes para a definição do...
tracking img