Nadica de nada

Páginas: 19 (4649 palavras) Publicado: 28 de novembro de 2012
Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Faculdade de Engenharia elétrica
Fundamentos teóricos de Fibras ópticas
Comparação entre as recomendações ITU.

Trabalho de Fibras Ópticas
Fundamentos teóricos de Fibras ópticas
Comparação entre as recomendações ITU.

Aluno: Adriano Martins Moutinho.
Professor: Alexandre Dal Forno.

Turma: 01

Fundamentos teóricos de fibras óticas ecomparação entre as recomendações ITU.

Sumário:

1.

Introdução teórica: .............................................................................................................. 3

2.

Vantagens e Desvantagens no uso de fibras óticas: ........................................................... 4

3.

Funcionamento:.................................................................................................................. 5

4.

Transmissores e receptores óticos: ..................................................................................... 6

5.

Tipos de Fibras: .................................................................................................................. 7
5.1.

FibraMultimodo:....................................................................................................... 8

5.2.

Fibra Monomodo: ....................................................................................................... 9

6.

Atenuação em fibras ópticas:............................................................................................ 10
6.1.

Teste de atenuação espectral e janelas de transmissão:............................................ 12

7.

Dispersão cromática: ........................................................................................................ 13

8.

Dispersão por modo de polarização (PMD): .................................................................... 13

9.

Não-Linearidades da fibra:............................................................................................... 14
9.1.

Dispersamento Estimulado de Raman (SRS): .......................................................... 15

9.2.

Dispersamento Estimulado de Brillouin (SBS): ....................................................... 15

9.3.

Modulação de Fase Cruzada (XPM) ........................................................................ 15

10.

Comparação dasfibras monomodo G.652, G.653 e G.655. ......................................... 16

10.1.

Fibra de Dispersão não-deslocada (USF, recomendação G-652 da ITU)............. 17

10.2.

Fibra de Dispersão Deslocada (DSF, recomendação G.653 da ITU) ................... 17

10.3.

Fibra de Dispersão Não Zero (NDSF, recomendação G.655 da ITU) .................. 17

11.Conclusões:................................................................................................................... 18

Aluno: Adriano Martins Moutinho

2

Fundamentos teóricos de fibras óticas e comparação entre as recomendações ITU.
1. Introdução teórica:

Uma fibra ótica é constituída de material dielétrico, em geral, sílica ou plástico, em
forma cilíndrica, transparente e flexível, de dimensõesmicroscópicas comparáveis às de um
fio de cabelo. Esta forma cilíndrica é composta por um núcleo envolto por uma camada de
material também dielétrico, chamada casca. Cada um desses elementos possui índices de
refração diferentes, fazendo com que a luz percorra o núcleo refletindo na fronteira com a
casca.

Figura 1 - Fibra Ótica.

Figura 2 - Extremidade de um cabo com três fibras.

A fibraótica utiliza sinais de luz codificados para transmitir os dados, necessitando de
um conversor de sinais elétricos para sinais óticos, um transmissor, um receptor e um
conversor de sinais óticos para sinais elétricos.
A transmissão por meio de fibras ópticas é quase totalmente imune a interferências
eletromagnéticas, não há necessidade de aterramento, pois a mesmas mantém os pontos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Nadica de nada mesmo
  • Nadica
  • nada nada nada nada
  • nada nada nada
  • Na, nada, nada e nada
  • nada nada nada
  • Nada com nada
  • Nada nada nada

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!