Nada a declarar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4352 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Centro de Tecnologia Mineral Ministério da Ciência e Tecnologia Coordenação de Estudos e Desenvolvimento - CES

GESTÃO AMBIENTAL NA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA: O CASO DA RECICLAGEM DE MATERIAIS

Heloisa Vasconcellos de Medina Dennys Enry Barreto Gomes

Rio de Janeiro Maio/2002

CT2002-014-00 Artigo publicado em meio eletrônico no CIMM (Centro de Informação Metal Mecânica) ver site:http://www.cimm.com.br

GESTÃO AMBIENTAL NA INDUSTRIA AUTOMOBILÍSTICA: O CASO DA RECICLAGEM DE MATERIAIS
Heloisa V. de Medina
Pesquisadora do CETEM/MCT Av. Ipê 900, Cidade Universitária, Rio de Janeiro, cep:21941-590, e-mail: hmedina@cetem.gov.br

Dennys Enry Barreto Gomes
Bolsista de Iniciação Científica do CETEM/CNPq, e-mail: dennys@pep.ufrj.br

Abstract: This contribution is based on a oneyear research on automotive materials recycling that are connected to a research program on Environmental Technologies and Recycling at CETEM -Center for Mineral Technology–. This article shows the environmental strategy as a core business for automotive industry on behalf of which car companies are designing new models seeking for cleaner plants and “greener cars”to keep sustainability andcompetitiveness. It also discusses if the sustainability of this industry can be acheived or not by enforcing recyclibility of automotive materiails. The organization of the article is as follows: an introductory overview of the automobile industry and the global environmental concerns; a brief view of the design for recycling strategy and the environmental management in car companies in Brazil; sometechnical aspects of materials recycling are highlighted and complemented by the some remarks on perspectives and contraints for the two most important automotive materials: steel and plastics. Finally some concluding remarks are presented. 1- Introdução: A reciclagem faz parte de um cenário maior no qual se situa a questão dos impactos ambientais da produção industrial, onde o automóvel destaca-sepelo grande consumo de materiais em geral e de combustível fóssil em especial. Na busca de soluções mais sustentáveis, após a crise energética dos anos 70 e o advento da questão ambiental em nível global, a indústria automobilística vem substituindo materiais tradicionais por materiais especialmente desenvolvidos, dentro de uma nova concepção que integra critérios ambientais nos novos projetos deautomóveis. Economia de combustível, redução das emissões e reciclabilidade são alguns desses critérios que vieram se somar aos parâmetros técnicos e econômicos na seleção de materiais, ainda na chamada fase de pré-projeto do automóvel. A indústria automobilística sempre foi uma das atividades mais importantes do século XX na geração de renda, emprego e investimentos industriais. Ao longo desteséculo houve mudanças significativas: da produção artesanal ao advento do sistema de produção em massa de Henry Ford, seguido pelo Toyotismo e, mais tarde, pelos modelos híbridos de organização da produção, que vêm reestruturando a competitividade e sustentando o crescimento contínuo dessa indústria. Até chegar ao que é hoje: um produto inovador, o automóvel passou, de herói a vilão no ponto de vistaambiental. Herói, em seus primeiros 70 anos como "solução tecnológica arrojada" transporte rápido, ágil, seguro. Vilão, nos últimos 30, responsável pela degradação ambiental do Planeta. Foram os efeitos do padrão de produção Fordista que cunharam a sociedade de consumo, gerando um mercado cada vez mais sólido que, a partir dos anos 50, expandiu-se pela inclusão de novos países produtores nasestatísticas mundiais, como foi o caso do Brasil. Ao final do século, em 1997, a produção mundial (quadro 1) ultrapassou a barreira dos 53 milhões de veículos produzidos em mais de 50 países (figura 1)

PRODUÇÃO MUNDIAL DE AUTOVEÍCULOS Ano 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 Total 48.088.050 46.785.380 49.500.168 50.008.094 51.542.000 53.403.000 53.147.000

Fonte: Anfavea Estatística da...
tracking img