Na prática a teoria é outra?

Na Prática a Teoria é Outra?

O presente trabalho é baseado na obra de Claudia Mônica dos Santos intitulada “Na Prática a Teoria é Outra?”; o livro é constituído de dois capítulos cada umdeles sob a responsabilidade da referida autora que de maneira coerente traz uma discussão sobre Mitos e Dilemas na relação entre Teoria e Prática; Instrumentos e Técnicas no Serviço Social; a mesma seutiliza da Teoria Social de Marx e de outros autores adeptos dessa tradição para o debate em questão.
Vale ressaltar que aqui será feita apenas uma abordagem referente ao primeiro capítulo dolivro o qual é composto por três partes: Teoria e Prática no Materialismo Histórico-Dialético; A Relação Dialética entre Teoria e Prática e, A Práxis como Categoria Central. A autora expõe os enganoscometidos pela classe dos profissionais de Serviço Social que permanecem na idéia de que “na prática a teoria é outra”.
O primeiro item inicia-se com várias citações sabiamente desenvolvidas porMarx e Engels a respeito do conceito de teoria e prática no materialismo histórico-dialético, e baseada nesses conceitos, explica a autora:“[...] Materialismo porque parte do pressuposto de que a realidade é anterior ao pensamento, [...]. Dialético porque parte de uma explicação do ser com todas as suas modalidades como umatotalidade em permanente movimento. Histórico num duplo sentido: primeiro porque essa explicação é específica à sociedade, à história e à cultura, ou seja, ao ser social; segundo porque toma comoobjeto do processo histórico, isto é, os indivíduos são um produto social, a sociedade muda, as idéias mudam”. (Santos, 2011, p. 17).
Sabemos que a história é um processo em constante movimento eque ela é repleta de contradições, mudanças e conquistas, é uma realidade que permite ser analisada, questionada, é algo concreto que revela o que está por trás das aparências e principalmente, só ao...
tracking img