“Museu: recurso que enriquece o processo de ensino-aprendizagem”

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1090 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
MILENA GOMES PROL OTERO MATIOLI
EMAIL: museujoiasdanatureza@gmail.com
FORMAÇÃO: Pedagogia na Universidade Santa Cecília – Santos, SP
CURSO: Museologia Social - Conceitos Técnicas e Práticas

“Museu: recurso que enriquece o processo de ensino-aprendizagem”

Os Museus são definidos como instituições que promovem a difusãocultural entre o passado, presente e futuro. Seus objetivos são os de conservar, criar e transformar as teias de significados que estão entrelaçadas no nosso cotidiano.
Eles ocupam lugares especiais que proporcionam aos seus visitantes, a interação com o cognitivo tridimensional e fazem parte de todas as áreas de conhecimento educacionais e culturais.
Comocoloca Sepúlveda (2003), os Museus são instituições de origem humanista e vinculada à modernidade, pois tem como objetivo, conservar, pesquisar, coletar e exibir em espaços públicos, materiais de origem cultural e que representam as idéias, crenças, costumes, ideologia e a natureza de diversos locais.
A Escola, como Instituição Formal de ensino, tem como principal objetivo, ode ensinar. O significado de ensinar está, no introduzir, fazer saber, comunicar conhecimentos, mostrar, guiar, orientar, dirigir e desenvolver habilidades. O professor é o agente principal do processo ensino-aprendizagem, pois utilizam suas habilidades e competências, adaptadas à realidade da comunidade que o educando está inserido.
O ensinar e o aprender são indissociáveis,pois se definem na ação e reação. Para que haja esta reação de maneira positiva, a ação deve ser prazerosa e envolvente, desta forma, despertará a curiosidade e interesse do educando pelo novo.
Quando falamos em aprender, entendemos: buscar informações, rever a própria experiência, adquirir conhecimentos, desenvolver habilidades, adaptar-se a mudanças, mudar comportamentos,descobrir o sentido das coisas, dos fatos, dos acontecimentos ...(MASETTO, 1997: 45)

Segundo Masetto (1997), se o ser humano fosse capaz de aprender sozinho, não haveria necessidade de educadores e nem da escola. Mas sabe-se que a educação não funciona desta maneira, pois através da possibilidade do contato com o meio, o indivíduo desenvolve-se como ser humano, no aspecto cognitivo, ecomo cidadão pertencente à sociedade que vive.
A escola e o professor trabalham com a aprendizagem do aluno, em um processo contínuo, além disso, sabemos que aprender, não é propriedade exclusiva do educando, pois o professor também aprende.
Na sociedade, isto é, fora da sala de aula e além da escola, a educação é um processo contínuo e universal, onde “as geraçõesadultas, transmitem às novas gerações, o patrimônio cultural do grupo, visando à preservação, à continuidade e também à renovação e ao enriquecimento dessa mesma cultura.” (CARVALHO,1984)
Os Museus de Ciências são a porta de entrada para um mundo novo no cotidiano do educando. Eles proporcionam e complementam, de maneira lúdico-cultural, o aprendizado nas diversas áreas doconhecimento. É a prática aliada ao conteúdo, e os professores devem se apropriar deste recurso didático-cultural, para utilizá-lo como instrumento tridimensional de ensino.
Descobrindo e aprendendo através de experiências do seu cotidiano, o aluno percebe que este processo de aprendizagem está em toda parte, sendo vivida de maneira concreta e significativa, pois esta motivação leva oeducando a se identificar como pessoa capaz de se relacionar com o meio e agir sobre ele. E desta forma, valorizar e preservar seus patrimônios culturais e naturais.
Em todo processo de aprendizagem, existe um retorno, e continuamente uma troca, entre quem passa e quem recebe. Essa troca é efetivada no diálogo, nas experiências vividas e contextualizada com o assunto proposto em aula,...
tracking img