Mulheres da apa cantareira

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 30 (7354 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MULHERES DA APA CANTAREIRA
Gênero, Identidade e Sustentabilidade na Região Bragantina – São Paulo
FADINI, Almerinda A. B.; HOEFFEL, João Luiz; e CASTRO, Aurora N. de M.
TEIXEIRA, Anderson M. & JESUS, Cerise da R.
Centro de Estudos Ambientais – Sociedades e Naturezas – Universidade São Francisco –
Campus Bragança Paulista (SP)

Resumo
Entender como as novas dinâmicas e transformaçõessocioambientais e espaciais interferem no
modo de vida e nas identidades locais representa um grande desafio. Neste sentido este artigo visa
apresentar reflexões sobre o papel das mulheres nos processos de decisão da APA Cantareira. A
criação desta Unidade de Conservação e a construção do Sistema Cantareira vêm provocando na
região um fenômeno de urbanização, industrialização e turismo,decorrentes também da duplicação
de importantes rodovias e dos novos usos do solo que interferem diretamente nas relações da
população local com o seu território e cotidiano de vida. A partir de entrevistas com representativas
mulheres que viveram os processos de transformação regional busca-se identificar e analisar os seus
reflexos na identidade e no modo de vida deste gênero, assim como, estimularuma maior
participação destas nos planos voltados à sustentabilidade socioambiental desta área de estudo.

1. Introdução
A implantação do Sistema Cantareira de Abastecimento de Água tem provocado
desde a sua construção transformações espaciais e reflexos socioambientais e culturais
junto à população regional, em especial as comunidades rurais, devido ao fato das
inundações terem ocupadoprincipalmente as terras agrícolas e desarticulado sua estrutura
econômica e familiar. Além disto, as mudanças regionais e as restrições legais
determinadas pela criação neste espaço da Área de Proteção Ambiental do Sistema
Cantareira (APA Cantareira) vêm pressionando as famílias a buscarem novos rumos, sejam
profissionais (de agricultor para caseiro), locacionais (de rural para urbano) erelacional
(transformações no convívio familiar e comunitário). Nesta perspectiva torna-se relevante
verificar, como este processo vem se refletindo especificamente na vida cotidiana das
mulheres.
A escolha deste grupo social se deve, entre outros motivos, ao fato destas mulheres,
na maioria dos casos, participarem ativamente na gestão e na manutenção da estrutura
sócio-familiar, mascontraditoriamente, não estarem, mesmo sendo diretamente afetadas,
envolvidas nas discussões e decisões sobre as mudanças regionais e na formulação de
políticas públicas. Mediante esta realidade é que os trabalhos relacionados à identidade,
memória e participação das mulheres que vivem na APA Cantareira podem contribuir na
formulação de propostas para um planejamento sustentável e de educação ambiental,que
se colocam como importantes instrumentos de compreensão das transformações sócioespaciais, de sensibilização para os problemas ambientais, de valorização dos aspectos

culturais e de fortalecimento da identidade local, estimulando a participação democrática de
todos os segmentos sociais nas diversas tomadas de decisão.
Estas questões são objeto de estudo do Projeto de Auxílio àPesquisa no
2006/55919-5 financiado pela FAPESP, denominado Mulheres da APA Cantareira –
Reflexos da Construção do Sistema Cantareira na Identidade e no Modo de Vida Local e
parte de seus resultados estão sistematizados neste trabalho.

2. Relações de Gênero, Identidade, Empoderamento e Meio Ambiente
A crença de que a humanidade é totalmente livre para explorar o mundo natural tem
conduzido a umacrise ambiental global e a constatação de que este pensamento implica
também na dominação de etnias, classes e gêneros humanos. Na visão de Merchant (2005)
problemas socioambientais contemporâneos surgem a partir de tensões entre forças
econômicas de produção e limitações ecológicas, que se refletem nos mecanismos de
reprodução. Para a autora as formas atuais de produção exercem pressões...
tracking img