Mulher negra

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (414 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇAO
Neste artigo propõe-se discutir sobre as representações sociais calcadas no estereótipo referente à mulher, principalmente a mulher negra, e suas conquistas no âmbito público dasociedade brasileira.Quando falamos em mulher negra no Brasil é importante traçarmos seu perfil para que possamos demarcar diferenças com as visões estereotipadas. Elas, no Brasil, constituem 25% dapopulação. A maioria é analfabeta ou semi-analfabeta. Sua remuneração está em geral na faixa de um salário mínimo. Muitas são chefes de família em maior número que as brancas. Tal perfil demonstra que a maioriadas mulheres negras vive em condição de pobreza. O Brasil é o país de maior população negra fora da África; historicamente um país escravocrata onde ainda perduram as idéias racistas nas instituiçõesgovernamentais e na sociedade em geral. Mesmo quando a pessoa negra ainda não adquiriu a consciência do racismo, ser negra em nosso país significa viver em condição de extrema desigualdade social eracial, e o fato de ser mulher incorpora-se ainda o preconceito de gênero.
Considerando que a mulher no Brasil, até a Constituição de 1988, era legalmente cidadã de segunda categoria, ser mulher negrae pobre significava não ter os direitos mínimos de cidadania assegurados juridicamente. As mulheres negras são, em comparação às brancas, alvos de maior violência: agressões físicas, estupros eperseguição policial. Além de serem agredidas fisicamente, elas são agredidas pela violência ideológica que se manifesta na negação da sua identidade. Sofrendo a imposição dos padrões estéticos brancos. Sãovítimas de exploração sexual e comercial de sua imagem, principalmente nos meios de comunicação.
Mas, enquanto são barradas em clubes, hotéis, restaurantes elas se mobilizam para ocupar espaçosdignos e de decisão no cenário da sociedade brasileira. Existe, hoje, o resgate histórico da participação da negra desde a sociedade anterior ao escravismo, de resistência à escravidão e na sociedade...
tracking img