Mudanças no cotidiano docente e valorização do profissional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1019 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
PEDAGOGIA

CÁSSIA CIRILO DE ALMEIDA












TRABALHO INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL
Título: Mudanças no Cotidiano Docente e Valorização do profissional



















Santa Luzia – Minas Gerais
2012
CÁSSIA CIRILO DE ALMEIDATRABALHO INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL
Título: Mudanças no cotidiano do docente e valorização do profissional














Trabalho apresentado ao Curso de Pedagogia da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para as disciplinas de Sociologia da Educação, Psicologia da Educação I, Processo Educativo no Contexto Histórico e Teoria Geral do Conhecimento.
Profs.Bernadete Strang, Carlos Eduardo de Souza Gonçalves, Marcia Bastos e Okçana Batini.
Tutora eletrônica: Mª Estela Vivan.
Tutor(a) de sala:



Santa Luzia – Minas Gerais
2012


Introdução

O presente portifólio apresenta as mudanças no cotidiano docente das classes inicias do ensino fundamental, cuja ação doprofessor no processo ensino-aprendizagem e desenvolvimento do aluno passa a ser o eixo central na formação da cidadania contemporânea. Por sua vez, mesmo estando muito distante a valorização do profissional na área educacional os avanços no que se diz respeito a aumento de salários, benefícios e qualificação estão propiciando melhoras e incentivos.
A sociedade contemporânea e a globalizaçãoencorajam novas ações, teorias e práticas no cotidiano escolar, pois nos anos iniciais do ensino fundamental as mudanças de ordem social e cultural vêem desafiando professores diante de sua atuação, principalmente na questão da comunicação, alfabetização e letramento. São desafios políticos sociais e comportamentais que se misturam a sociedade.

Desenvolvimento

A ação pedagógica depara-se numcontexto onde diversos componentes propõem determinações: grades curriculares, leis, valores culturais, sociais, éticos, políticos e pessoais, estrutura física e organizacional da escola, desempenhos e fatores que podem e devem ser considerados para o entendimento da ação de sujeitos e ação do mesmo quanto professor, pois para que se possa tomar decisões e desenvolver do seu trabalho, faz-se necessáriomedir seu grau de liberdade e poder de ação.Sendo o professor um mediador no processo ensino–aprendizagem, este deve atuar dentro de um projeto político-pedagógico construído de forma democrática e coletiva, possibilitando a escola o cumprimento de sua função que é de instância socializada do saber.
O homem é um indivíduo sociável e busca a vida em comunidade, porém a sociedade em vigor sofreadulterações por parte do capitalismo: injustiça, miséria, poder excessivo, desigualdades, etc. A política é parte da complexidade, entrelaçando as relações dos meios com os fins entre pessoas, pois a política está relacionada ao coletivo e suas questões públicas. Portanto a ética é um inacabável pensar, refletir e construir, uma vez que a escola tem o dever de educar para que o educando tenham aliberdade de julgar e tomar parte nessa construção, articulando com clareza uma ética-política para a transformação.
Hoje, o professor não é mais o eixo da ação educativa, mas o educando, por ser um ser ativo procedente das experiências vivenciadas em vários aspectos do conhecimento, o que o torna centro da prática pedagógica. Para a construção da cidadania a escola tem o compromisso com anecessidade e compreensão da realidade social, uma visão crítica da realidade viabiliza instrumentos de modificação e favorecem o entendimento ético e político do sujeito.
“Os estágios de vida de uma pessoa, do nascimento até a morte, são formados por influências sociais interagindo com um organismo que está amadurecendo física e psicologicamente” (Hall, 1998)
O país já teve diversos tipos de planos e...
tracking img