Mudanças estruturais no estado brasileiro até o final do regime militar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (397 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Mudanças estruturais no Estado brasileiro até o final do Regime Militar

A Ditadura Militar no Brasil durou 21 anos e as reformas estruturais realizadas neste período
provocaram mudanças no campoeconômico, político e social do país. Muitas reformas foram
realizadas nesse período a seguir veremos algumas delas.
As principais reformas realizadas durante a ditadura foram: a criação do FGTS (Fundo de
Garantia por Tempo de Serviço); a unificação do sistema de Previdência; a criação dos impostos
ISS ( Imposto sobre Serviço), ICM ( imposto sobre Circulação de Mercadoria) e IPI ( Imposto sobProdutos Industrializados) ; permissão do pagamento de tributos por meio de rede bancária; criação
do Fundo de Participação de Estados e Municípios . Podemos citar também a reforma do sistemafinanceiro baseado na legislação americana, onde foi criado o sistema de instituições especializadas;
a implantação do Sistema Financeiro de Habitação; a aprovação em 1965 da Lei de Mercado de
Capitaise o Estatuto da Terra. ( LEITE JUNIOR,2009)
A reforma também aconteceu no campo administrativo onde foi criada a administração
indireta, com as empresas públicas, empresas de economia mista,fundações e autarquias.
Ao analisar todas as reformas realizadas durante o regime militar pode-se dizer que elas
contribuíram para ajudar o Brasil a fortalecer as estruturas produtivas do país,principalmente com
investimentos em infraestrutura e indústria de base, mas em contrapartida as ações realizadas
elevaram a dívida externa e contribuíram para a concentração de renda, que ainda hoje é um dosprincipais problemas do país.
A impressão que tive em relação ao texto é que os militares só se preocuparam em fazer
reformas e impor limitações em relação aos direitos, liberdade e manifestaçõespolíticas e que
quando se viram diante da crise ao invés de reduzirem os gastos públicos eles continuaram a
aumentar os gastos, principalmente para implementar o II PND, pois pensavam que com o...
tracking img