Movimentos feministas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5065 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de fevereiro de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
A trajetória do movimento feminista e suas lutas frente aos dilemas do século XXI
Movimento feminista> História
Por: Renato Drummond Tapioca Neto e Luisa Bertrami D’Angelo
O movimento feminista, ao longo dos últimos séculos da idade contemporânea, vem se configurando como uma das principais manifestações sociais de caráter transformador, lutando por maiores direitos para as mulheres que, hámuito tempo ficaram submetidas às vontades masculinas e inferiorizadas pelo que a sociedade entendia como a “fragilidade do sexo”. Não é de hoje que elas se posicionaram e revoltaram contra sua condição sócio-histórica. Contudo, é com as principais revoluções liberais que se cria a consciência da mulher como um ser autônomo, capaz de tomar suas próprias decisões e de lutar por seus próprios desejos.Com o tempo, essas mulheres passam a se unir na defesa de um interesse em comum: o de garantir igualdade entre os gêneros. Hoje, o movimento feminista abrange uma série de grupos diversificados, com metodologias próprias, mas que compartilham de um mesmo princípio, o de obter maior espaço nas decisões políticas que gerem os países do globo, seja na política macro, seja na micropolítica do corpoenquanto materialização da subjetividade.
Podemos identificar as raízes do movimento feminista ainda na Revolução Francesa, e com uma influência ideológica derivada do iluminismo. Nesse processo, observamos as mulheres lutando tanto ao lado de homens, como por conta própria, assim como aconteceu no episódio conhecido como “a marcha das mulheres do mercado”, que em 5 de outubro de 1789 se dirigiramao Palácio de Versalhes para exigir o cumprimento de suas petições junto ao rei, e acabaram conseguindo fazer com que a família real se mudasse para Paris. Segundo Jacqueline Pitanguy e Branca M. Alves, foi no contexto da Revolução Francesa
“… que o feminismo adquire uma prática de ação política organizada. Reivindicando seus direitos de cidadania frente aos obstáculos que o contrariam, omovimento feminista, na França, assume um discurso próprio, que afirma a especificidade da luta da mulher” (ALVES; PITANGUY, 1991, p. 32).
É ainda nesse contexto que se é criado o texto “Os direitos da mulher e da cidadã”, da autoria de Olympe de Gouger, escritora revolucionária.
Os ideais da revolução de 1789, por sua vez, se alastrariam para outras partes do mundo, influenciando, assim, mulheres devários países. Durante o século XIX, vemos a luta das trabalhadoras fabris ganhar maior consistência, principalmente na sociedade norte-americana. A data de 08 de maio de 1857 é lembrada como o dia em que as operárias da indústria têxtil de Nova Iorque se mobilizaram contra os baixos salários e requisitaram a redução da jornada de trabalho para 12 horas diárias. Duramente reprimidas pela polícia,as reinvindicações dessas operárias reapareceriam no cenário nova-iorquino em 1908, também em um dia de 08 de maio, quando outra geração de trabalhadoras de fábrica lutaram contra a exploração que lhes era imposta.
Porém, foi no fim do século XIX que o feminismo deu um importante salto: na Inglaterra, as mulheres lutaram por seus direitos, e essa luta é representada historicamente pelo direito devotar, alcançado por essas feministas. Poucos anos depois, a mulher começa a se mobilizar em prol de maior participação nas decisões políticas, a começar pelo direito de poder votar em eleições (a exemplo do movimento sufragista na Inglaterra). Com o tempo, a ideologia feminista começa a ganhar aderência dentro de outras esferas da sociedade, em que demais mulheres passam a se autodenominarfeministas, e a levantar a bandeira do movimento, lutando por uma série de causas, e unindo-se a outros movimentos igualmente estereotipados pelas convenções arcaicas da população, como o dos gays e o dos negros. No Brasil, os primeiros registros de mulheres lutando por seus direitos podem ser encontrados já no final do século XVIII e durante o XIX, porém mais restrito às classes média e alta da...
tracking img