Movimento retilineo uniformemente acelerado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1438 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

1a LEI DE NEWTON ( LEI DA INÉRCIA)

Inércia é a Incapacidade de um corpo em alterar o seu estado de movimento ou repouso. Ou seja, qualquer corpo, isolado é incapaz de entrar em movimento (se estiver em repouso) ou mudar a sua velocidade (se estiver em movimento).
A primeira lei de Newton, basicamente pode ser assim enunciada:
Se não existe a ação de forças ou se énula a resultante das forças atuantes sobre um corpo, ele permanece em seu estado natural de movimento ( repouso ou M. R. U.). Neste caso, diz-se que um corpo está em Equilíbrio.
A força resultante de um sistema de forças é a força única que, agindo sobre um corpo, produz nele o mesmo efeito que o sistema. É determinada pela soma vetorial das forças constituintes do sistema.

R = F1 + F2 +... + Fn = F = 0 (Eq. 1)

FORÇAS IMPORTANTES

A força Peso (P) é uma força de campo, gerada pela Terra, que atrai todos os corpos próximos à sua superfície. A sua direção é vertical, seu sentido é sempre de cima para baixo, para o centro da Terra (veja figuras) e o seu módulo é determinado por:

(Eq. 2)
P
P
P
P
P
PFigura I

FORÇA NORMAL
A força normal é a força que uma superfície exerce sobre um corpo que a está comprimindo.
Figura II
A força Normal (N) é a força gerada pela compressão de um apoio por um corpo apoiado sobre ele. A Normal é a reação do apoio. O apoio é comprimido pelo corpo para baixo e reage com uma força igual para cima. A sua direção é perpendicular ao apoio e o seu sentido é saindodo corpo, oposto ao apoio (veja figuras). O seu módulo é igual à força de compressão do corpo.
N
N
N
N
N
N

Figura III
FORÇA TRAÇÃO
A Tração ou Tensão (T) é uma força de contato presente em fios ou cabos, quando os mesmos são submetidos à forças de alongamento. Sua direção é a mesma do fio e o seu sentido é oposto ao alongamento, saindo do corpo (veja figuras). O seu módulo podeadquirir diferentes valores, de acordo com a situação apresentada.
T
T
T1
T2
T
T
T1
T2

FORÇA ATRITO
N
N
N
v
Fa
v
Fa
v
Fa
N
N
N
v
Fa
v
Fa
v
Fa
A Força de atrito (Fa) é uma força de contato que atua contrária ao movimento ou à tendência de movimento. Sua direção é sempre a mesma do movimento e o sentido é contrário ao movimento.

Figura IV

A força de atrito pode existirsob uma das duas formas seguintes:
Força de Atrito Estático
Se o corpo é puxado, porém não consegue escorregar na superfície, significa que ele recebeu a ação de uma força de atrito que impede seu movimento. Essa força é denominada atrito estático. Nesse caso:
F = FAE
A força de atrito estático tem um limite máximo, denominado de força de atrito estático máximo. O valor máximo da fe equivaleao modulo da menor da força aplicada necessária para iniciar o movimento relativo entre as superfícies que se tocam, logo:
fe máxima = f mínima para iniciar o movimento
O seu valor máximo pode ser calculado por:

(Eq. 3)
N é a fora normal que o corpo troca com a superfície do apoio;
μe é o coeficiente de atrito estático.
Lei Empirica de Leonardo daVinci sobre o atrito

Algumas leis empíricas para o atrito estático máximo entre superfícies foram propostas por Leonardo da Vinci (≈ 1500) tais como:

A força de atrito independe da área de contato entre o corpo e a superfície que o suporta. Quanto maior a área de contato menor a pressão que o corpo exerce sobre a superfície. Esse fato significa que a força necessária para arrastar um tijolometálico sobre uma mesa metálica é a mesma, não importando qual a face do tijolo esteja em contato com a mesa. Podemos entender esse resultado considerando que a área microscópica de contato será a mesma em ambas as situações.

Coeficiente de Atrito Estatico

A proporcionalidade existente entre o modulo da força mínima aplicada para iniciar o movimento relativo entre as superfícies (fmin) e o...
tracking img