Movimento retilineo uniforme- pratica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1176 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
MOVIMENTO RETILÍNEO UNIFORME

1. OBJETIVOS
• Estudar o movimento retilíneo uniforme e obter experimentalmente as equações de movimento de um corpo a ele submetido.
• Estudar o movimento unidimensional realizando experimentos com um carrinho, em Movimento Retilíneo Uniforme, sobre um trilho de ar.
• Construção e analise de gráficos de grandezas físicas x e y relacionadas por umadependência linear, isto é, por uma função y = f(x) obedece a equação de uma reta y = ax + b, com a e b constantes.

2. CONCEITUAÇÃO TEÓRICA
[pic]

Define-se movimento como sendo a mudança da posição de um corpo em relação a um determinado referencial. Por exemplo, um carro em movimento numa reta de uma estrada, mantendo o ponteiro do velocímetro sempre na marca de 80 km/h, quer dizer que ocarro percorre 80 km a cada 1 hora. Essa situação é um exemplo do que se chama Movimento Retilíneo Uniforme.
Quando a velocidade de um automóvel aumenta este possui um movimento acelerado, quando a velocidade do mesmo diminui , seu movimento é desacelerado. Como no movimento uniforme a velocidade não se altera, a aceleração é nula (a = 0). Pode-se dizer ainda que o móvel no MRU a velocidade éconstante, ou seja, não se altera no decorrer do tempo e o móvel percorre espaços iguais em intervalos de tempos iguais.
Equação horária do movimento uniforme
A equação horária de um movimento mostra como o espaço varia com o tempo:
S = f(t) 
No movimento uniforme temos que: 
| |V = Vmédia = Vinst =[pic]S/[pic]t = (S - S0)/(t - t0) | ||


Assim obtemos:
S - S0 = V (t - t0) 
Para t0 = 0 [pic] S - S0 = V t 
 Resolvendo para S:  
S= S0 + V t
Equação horaria do Movimento Uniforme
Onde: 
S: espaço final 
S0: espaço inicial 
 t: instante final 


3. EQUIPAMENTOS E MATERIAIS PERMANENTES NECESSÁRIOS
• Trilho de ar;
• Cronômetro digital com fonte DC (0-12V);
• SensoresStart e Stop com suporte fixador;
• Eletro-imã com dois bornes e suporte fixador;
• Chave liga desliga com quatro bornes;
• Roldana raiada com dois micro rolamentos e suporte fixador;
• Duas massas aferidas de 20 g;
• Porta-pesos 9g;
• Cabos de ligação especial com 6 pinos banana;
• Fonte de fluxo de ar e mangueira;
• Carrinho e acessórios.

4.MATERIAL DE CONSUMO NECESSÁRIO
Não há necessidade de material de consumo.

5. PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL
1. O equipamento utilizado é o chamado Trilho de Ar, sua montagem é esquematizada conforme a figura abaixo.
[pic]

Esse tipo de equipamento é projetado para minimizar as forças de atrito, fazendo com que o corpo se desloque sobre um jato de ar comprimido e não entre em contato direto com asuperfície do trilho. O corpo que desliza sobre o colchão de ar é chamado aqui de carrinho . Ao longo das duas faces do trilho onde se apoia o carrinho, existem orifícios com diâmetros da ordem de décimos de milímetro por onde sai o ar comprimido proveniente de um compressor externo. O Trilho de Ar é colocado inclinado em relação à horizontal, de modo que o carrinho possa descer por ele sob a açãode sua força peso. Para completar a montagem do equipamento devemos dar ao trilho uma inclinação tal que o atrito seja compensado. Quando o carrinho passar pelo primeiro sensor o cronômetro é acionado ao passar pelo segundo sensor o cronômetro é desligado.

2. Colocar o Eletro-imã no extremo do trilho e fazer um ajuste para que o carrinho fique com uma posição inicial igual a 0,200 m.
3.Posicionar o primeiro sensor que aciona o cronômetro na posição (posição inicial) e conectar o cabo ao terminal START (S1) do cronômetro.
4. Posicionar o segundo sensor que desliga o cronômetro na posição [pic] (posição final) e conectar o cabo ao terminal STOP (S2) do cronômetro.
5. A distância entre os sensores representa o deslocamento do carrinho [pic]:
6. Colocar a roldana na...
tracking img