Movimento retileneo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1462 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. Introdução

O movimento retilíneo uniforme é aquele que se da com velocidade constante, ele é explicado pela primeira lei de Newton. Já o movimento retilíneo uniformemente variado possui uma aceleração escalar instantânea que permanece constante com o decorrer do tempo.
Neste relatório estudaremos sobre o MRU e MRUV e suas funções horárias, analisaremos os experimentos realizados nolaboratório e os relacionaremos com as leis de Newton.
Nosso objetivo no decorrer deste em relação ao MRU é verificar que a velocidade é constante na ausência de forças externas, e em relação ao MRUV é estudar suas funções horárias e seus gráficos.

2. Movimento retilíneo uniforme

O movimento retilíneo uniforme (MRU) é um movimento cuja velocidade é constante e a posição em função do tempo eregida pela função horária:
x= x0 + ν t,

Onde x e a posição do móvel no instante t, x0 é a sua posição no instante t = 0 e ν sua velocidade.
Um movimento retilíneo uniforme e regido pela primeira lei de Newton que diz:
Um corpo permanece no seu estado de repouso ou movimento retilíneo uniforme (MRU), a menos que seja obrigado a mudar esse estado pela atuação de uma força resultante diferente dezero.

Experimento MRU

Para se estudar um MRU o movimento de um carro sobre um trilho de ar, onde o atrito é praticamente nulo, supondo que se aplique uma força sobre o carro para colocá-lo em movimento sobre o trilho de ar. A partir do instante em que essa força parar de atuar o carro continuará se movimentando constantemente com a velocidade que possuía no instante em que a força se anulou, ouseja, o carro entrará em movimento retilíneo uniforme.

3.1. Material utilizado

* Trilho de ar
* Carro
* Sensores

3.2. Procedimento

1. Instalou-se dois sensores de luz nas posições aproximadas de 1/5 e 2/5 do comprimento do trilho de ar, ajustou-se o disparador para a primeira posição (menor pressão).
2. Prendeu-se magneticamente o carro ao disparador eacionou.
3. Anotou-se as velocidades medidas nas duas posições.
4. Repetiu-se mais quatro vezes o procedimento anterior .
5. Calculou-se o valor médio das velocidades em cada posição e calculo-se a diferença percentual entre esses dois valores em relação ao valor na posição 1/5.
6. Instalou-se, os sensores nas posições aproximadas de 1/5 e 3/5 do comprimento do trilho de ar e, depois, em 1/5e 4/5.
7. Repetiu-se todas as medidas para o disparador na segunda posição (pressão média).

3.3. Resultados

Tabela com os resultados – disparador na menor pressão.

P1 | V1m + Δv1m | P2 | V2m + Δv2m | Δv% |
1/5 | 0,5168+ 0,005 | 2/5 | 0,5114+0,019 | 1,004 |
1)


P1 | V1m + Δv1m | P2 | V2m + Δv2m | Δv% |
1/5 | 0,5098+ 0,004 | 3/5 | 0,5022+0,04 | 1,490 |

2)

P1 | V1m+ Δv1m | P2 | V2m + Δv2m | Δv% |
1/5 | 0,5166+ 0,006 | 4/5 | 0,5038+0,007 | 2,477 |
3)

Tabela com resultados – disparador na pressão intermediaria
P1 | V1m + Δv1m | P2 | V2m + Δv2m | Δv% |
1/5 | 0,8058+ 0,003 | 3/5 | 0,7986+0,004 | 0,893 |

4)
P1 | V1m + Δv1m | P2 | V2m + Δv2m | Δv% |
1/5 | 0,8106+ 0,005 | 2/5 | 0,5038+0,007 | 2,477 |

5)

P1 |V1m + Δv1m | P2 | V2m + Δv2m | Δv% |
1/5 | 0,8124+ 0,006 | 4/5 | 0,7998+0,006 | 1,550 |
6)

3.4. Análise dos resultados

Podemos notar que o carro perdeu um pouco da sua velocidade mesmo sendo o atrito pequeno, pois ao passar pelo segundo disparador a velocidade era menor do que a inicial.
Podemos concluir então que mesmo sobre o trilho de ar que diminui o atrito, houve uma atuação deforças externas que não permitiram que o carro pudesse manter velocidade constante.

3.0. Movimento retilíneo uniformemente variado

O movimento retilíneo uniformemente variado (MRUV) é um movimento cuja aceleração é constante e a velocidade em função do tempo é regida pela função:
ν = ν0 + at ,
onde ν é a velocidade do móvel no instante t, ν0 é a sua no instante t = 0 e a sua...
tracking img